Domingo, 29 de Novembro de 2020
Publicações

Chamada da Revista Ibero-Americana de Educação da OEI: Educação e Pandemia

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento:

Chamada para artigos, Educação, Estudos Ibero-Americanos

Está aberta a chamada para o envio de contribuições destinadas ao volume nº 86 da Revista Ibero-americana de Educação, intitulada: Educação e Pandemia. Efeitos e opções de política na Ibero-América. A submissão de propostas pode ser feita até o dia 30 de março 2021. 

A Pandemia do COVID-19 alterou bruscamente o funcionamento da escola e dos sistemas educacionais com impactos previsíveis nas oportunidades de aprendizagens. Em muitos países da Ibero-América, em resposta às medidas de contenção das infecções, as autoridades da área de educação suspenderam o funcionamento regular das instituições de ensino, pondo em prática, em seu lugar, diversos arranjos alternativos para a continuidade da educação. Existe até a data, pouca informação fundamentada na revisão sistemática, obtida com métodos reconhecidos de pesquisa social, que permita estabelecer quais foram os efeitos da Pandemia e das respostas que se deram a ela, com a suspensão das aulas ou com medidas de educação alternativa, em que medida esses efeitos afetaram desigualmente estudantes de diferente condição social, e o quanto as medidas de contenção foram efetivas.

O objetivo deste volume é contribuir para uma discussão baseada em evidências empíricas sobre o impacto da Pandemia na educação e os efeitos dos programas que se implementaram para mitigá-los. Para isso, convidamos pesquisadores, que estejam realizando trabalhos empíricos sobre o impacto da Pandemia, a apresentarem seus artigos. Os trabalhos deverão ter uma extensão máxima de 8000 palavras, incluindo quadros e anexos. Deverão descrever os métodos utilizados para a coleta e análise de dados.

Entre os temas de especial interesse estão os seguintes:

  • Que impacto a Pandemia teve na participação na escola, na presença regular nas aulas e nos níveis de aprendizagem de estudantes? Em que medida esse impacto foi diferente entre crianças e estudantes de diferente condição social?
  • Que inovações foram implementadas para garantir a continuidade da educação em resposta à Pandemia e que efetividade tiveram?
  • Que programas de formação de professores e diretores foram implementados como parte das estratégias de continuidade da educação? E que resultados obtiveram?
  • De que forma a governança e gestão de sistemas educacionais e de centros escolares mudaram durante a Pandemia? E que consequências tiveram?

A chamada está aberta para estudos e investigações com diferente orientação metodológica e de diversos tipos (descritivos, explicativos, experimentais). Terão prioridade aquelas pesquisas que avancem o conhecimento sobre o impacto da Pandemia e dos programas educacionais implementados em resposta a ela, em resultados educacionais claramente definidos, tais como participação na escola (matrícula), presença nas aulas ou aquisição de conhecimentos e habilidades. Os trabalhos poderão focar-se num âmbito particular, ou serem estudos comparados.

Não serão aceitos trabalhos fora do prazo estabelecido e que não se ajustem à temática específica.

Coordenador: Fernando Reimers, Professor de Educação Internacional. Universidade de Harvard.

As regras de elaboração do envio dos textos estão disponíveis aqui.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas