Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020
Publicações

Estudos do Gótico: de Otranto à contemporaneidade

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Arte, Chamada para artigos, Ciências Humanas e Sociais, Estudos Comparatistas, Estudos Pós-Coloniais, Género, Letras, Literatura, Media, Psicanálise

A revista Organon (E-ISSN: 22388915 / ISSN Impresso: 0102-6267, Qualis B1), do Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), convida à submissão de artigos para sua edição de número 69 que terá como tema " Estudos do Gótico: de Otranto à contemporaneidade". O período de submissão vai de 5 a 30 de agosto de 2020.

Chamada Pública - Organon 69 - Estudos do Gótico: de Otranto à contemporaneidade

“Gótico” é um conceito dotado de notável capacidade de adaptação, e ao longo dos últimos séculos tem sido empregado para conceituar uma infinidade de tendências, autores e obras, o que levou à sua transformação em um termo “guarda-chuva” de sentido abrangente e força conceitual cada vez mais polissêmica. Surgida no limiar da modernidade iluminista, a literatura gótica tem se revelado duradoura como a própria modernidade dentro da qual se engendrou, o que se confirma nas sucessivas reedições e atualizações do gênero até os dias de hoje, tanto na literatura quanto em outras mídias. No cenário globalizado e pluralizado da contemporaneidade, categorias do Gótico exógenas ao cenário europeu, como o "American Gothic", o "Southern Gothic" e até mesmo o "Tropical Gothic", vêm ocupando espaço nos trabalhos acadêmicos em um movimento de hibridismo cultural no qual a hegemonia do centro passa a conviver com a pluralidade das margens.

Assim, a presente chamada espera acolher textos que, em uma perspectiva tanto transcultural quanto transdiscursiva, discutam essa tendência do espírito moderno que afetou profundamente os modos de pensar, de sentir e de expressar a arte nesses 250 anos de sua permanência na literatura, na cultura e no imaginário mundial. Espera-se contribuições que incluam, mas não se limitem aos diferentes movimentos regionais do gótico (nos EUA, no Canadá, o Southern Gothic, o gótico tropical), seus momentos histórico-sociais (o gótico vitoriano, do início do século XX, o pós-gótico), expressões do gótico na África, na Ásia e na Oceania, o gótico brasileiro e o gótico no Brasil, o gótico em diferentes mídias (texto impresso, cinema, televisão, artes plásticas), além das inúmeras possibilidades teórico-críticas que relacionam o gótico aos estudos comparatistas, à psicanálise, estudos de gênero, estudos queer, simbologia e mitologia, pós-colonialismo, estudos culturais e teorias da pós-modernidade.


Call for submissions – Gothic Studies: From Otranto to contemporary times

“Gothic” is a highly adaptable term employed over the past centuries in connection to a myriad of tendencies, authors and works of fiction; it has thus become a broad umbrella term endowed with an ever-growing polysemic conceptual power. With its origin commonly associated to the threshold of Enlightenment, the Gothic has proven to be as long-lasting as the modernity that engendered it, which is evidenced by its countless renditions and updates in literature and in other media. Manifestations of the Gothic outside its original European context, such as the American Gothic, the Southern Gothic, and the Tropical Gothic – the epitome of such plurality must be the coining of the term “Globalgothic” (BYRON, 2012) – have been the focus of academic research worldwide, evidencing a cultural hybridity characterized by the coexistence of the center’s hegemony and the margins’ plurality. In view of that, the present call for submissions welcomes articles that discuss the Gothic from transcultural, trans-discursive perspectives. Submissions are expected to include regional Gothic expressions (USA, Canada, the Southern Gothic, Tropical Gothic, Latino Gothic), its socio-historical phases (fin-du-siécle Victorian Gothic, early 20th century, post-Gothic), its manifestations in Africa, Asia and Oceania, Brazilian Gothic and the Gothic in Brazil, the Gothic in different media (print, moving image on screen, fine arts), besides theoretical and critical frameworks as varied as comparative literature, psychoanalysis, ecocriticism, gender studies, queer studies, symbolism and mythology, postcolonialism, cultural studies and post-modern theories.

Organizadores: Prof. Dr. Claudio Vescia Zanini (IL/PPGLET/UFRGS) e Prof. Dr. Fernando Monteiro de Barros (UERJ São Gonçalo/PPLIN)

Mais informações na página da revista Organon.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas