Terça-feira, 09 de Março de 2021
Publicações

Chamada para Dossiê Duplo Abatirá: Educação para a Diferença

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para artigos, Educação, Estudos Afro-Brasileiros, Relações Étnicas

Chamada para Dossiê Duplo Revista Abatirá (2021.1): Educação para a Diferença

  • Educação para as Relações Étnico-raciais: O ensino de ciências e suas tecnologias
  • Conversas curriculares Brasil – Moçambique: (re) aproximações diaspóricas


Educação para as Relações Étnico-raciais: O ensino de ciências e suas tecnologias

Organizadores:
Prof. Dra. Bárbara Carine (UFBA)
Prof. Dra. Marta Regina dos Santos Nunes (UERGS)
Prof. Dr. Mamour Sop Ndiaye (CEFET-RJ)

Esta edição da Revista Abatirá terá como tema a Educação para as Relações Étnico-raciais no ensino de ciências e suas tecnologias. Convidamos todes autores e autoras que trabalham com pesquisas na área de ensino de ciências e suas tecnologias e que dialogam com a Lei 10.639/2003, a apresentar seus estudos para este Dossiê. Estamos especialmente interessades em práticas pedagógicas e estudos teóricos inovadores, que possibilitem o resgate da potência da educação científica e tecnológica ancestral dos povos africanos e afrodiaspóricos.



Conversas curriculares Brasil – Moçambique: (re) aproximações diaspóricas

Organizadores:
Prof. Dr. António Fernando Zucula (ACIPOL/Moçambique)
Profª. Dra. Luzineide Miranda Borges (UESC)
Prof. Dr. Paulo de Tássio Borges da Silva (UFSB)

O dossiê Conversas curriculares Brasil – Moçambique: (re) aproximações diaspóricas tem como objetivo acolher textos que enunciam práticas discursivas em políticas curriculares no Brasil e Moçambique, bem como experiências educativas que nos possibilitem (re)aproximações diaspóricas exercitadas “[...] nas culturas e movimentos de resistência e de transformação e outros processos políticos que não são visíveis em escala maior” (GILROY, 2012, p. 20). As conversas curriculares entre Brasil e Moçambique nos impulsiona e interroga acerca das produções curriculares no enfrentamento do racismo e na construção de “políticas de diferença” (HALL, 2003) nas reformas curriculares dos dois países. Nas (re)aproximações diaspóricas serão bem-vindos textos que também versam sobre os encontros dos fluxos culturais entre Brasil e Moçambique em diferentes linguagens, sendo o dossiê receptivo às experiências pedagógicas, produções literárias, análises cinematográficas e exposição fotográficas.

Referências:
GILROY, P. O Atlântico negro: modernidade e dupla consciência. Editora 34, 2001.
HALL, S. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Ed. UFMG; Brasília: Unesco, 2003.


O envio dos trabalhos deverá ser feito por meio do sítio eletrônico da revista: http://revistas.uneb.br/index.php/abatira

Diretrizes aos Autores, conforme as normas de publicação:
https://www.revistas.uneb.br/index.php/abatira/about/submissions#authorGuidelines

Dúvidas podem ser encaminhadas para abatira@uneb.br.

Textos devem ser submetidos à Revista até 31 de março de 2021.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas