Sábado, 24 de Agosto de 2019
Publicações

Cadernos Estudos Africanos: "Activisms in Africa"

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Portugal

Chamada para artigos, Cooperação Internacional, Cultura, Estudos Africanos, Política, Sociologia

A revista Cadernos de Estudos Africanos (ISSN: 1645-3794 | e-ISSN 2182-7400), uma publicação do Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL de Lisboa especializada em temáticas africanas, recebe propostas subordinadas ao tema: “Activisms in Africa”. O número será coordenado por Magdalena Bialoborska (CEI-IUL) e Miguel de Barros (CESAC) e os trabalhos podem ser enviados até 30 de novembro de 2019.

 

Call for papers

O activismo guiado pelos factores emancipatórios e de justiça social tem como principal objectivo proporcionar a mudança ou, tão-só, preparar o caminho para que ela possa acontecer a partir da participação cívica. As acções de activistas manifestam-se de formas diversas, em acções individuais ou colectivas que propõem a mudança das circunstâncias económicas, sociais e políticas. Os estudos sobre os activismos têm estado mais centrados nos contextos europeu e americano, relegando para um plano secundário iniciativas e actores do continente africano.

Nesta edição temática dos Cadernos de Estudos Africanos, pretendemos debater o activismo em todas as suas vertentes e problematizá-lo, tanto em termos conceptuais e metodológicos, como através de estudos de caso ou comparados. Apresentar os contextos propícios para o surgimento de activismo, os principais actores, os tipos de acções desenvolvidas, as áreas de actuação, os desafios, assim como as diversas formas de divulgação de acções colectivas, serve como ponto de partida para o estudo de resultados dos activismos e de movimentos e para explicar o papel do activismo como motor de mudanças políticas, sociais, culturais e económicas em contextos africanos.

Procuramos trabalhos originais de investigação resultante de trabalho de campo em contextos diversos ou artigos construídos a partir da partilha de experiências dos próprios investigadores-activistas. Além de estudos de caso e análises comparativas, os artigos que possam contribuir para a definição e/ou construção quadros teóricos e conceptuais, serão valorizados. As contribuições, em inglês ou em português, deverão ser enviadas para cadernos.cei@iscte-iul.pt e para activismsinafrica2019@gmail.com com o assunto “Activismos em Africa”, até ao dia 30 de Novembro de 2019. Os autores serão notificados no dia 14 de Dezembro de 2019. As normas de publicação estão disponíveis em: https://journals.openedition.org/cea/240


 

Cadernos de Estudos Africanos – Thematic Issue “Activisms in Africa”

Editors: Magdalena Bialoborska (CEI-IUL) e Miguel de Barros (CESAC)

/scroll down for Portuguese version/

 CALL FOR PAPERS

Activism guided by emancipatory factors and social justice has as its main objective to provide change or just to prepare the way for it to take place through civic participation. The actions of activists – individual or collective – manifest themselves in different ways that propose the change of economic, social and political circumstances. Studies of activism have been more focused on European and American contexts, relegating initiatives and actors from the African continent to a secondary level.

In this thematic issue of the Cadernos de Estudos Africanos, we intend to discuss activism in all its aspects and to problematize it, both in conceptual and methodological terms, as well as through case studies or comparative studies. Presenting the favourable contexts for the emergence of activism, the main actors, the types of actions developed, the areas of action, the challenges, as well as the different ways of disseminating collective actions, serves as a starting point for the study of the results of the activism and movement and to explain the role of activism as the engine of political, social, cultural and economic change in African contexts.

We look for original research work resulting from field work in diverse contexts or articles constructed from the sharing of experiences of the activist-researchers themselves. In addition to case studies and comparative analyses, articles that can contribute to the definition and/or construction of theoretical and conceptual frameworks will be valued. Contributions in English or Portuguese should be sent to cadernos.cei@iscte-iul.pt and activismsinafrica2019@gmail.com with the subject “Activism in Africa”, until November 30, 2019. The authors will be notified in the December 14, 2019. The publication guidelines are available here: https://journals.openedition.org/cea/240

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas