Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
Financiamento/bolsas/emprego

Edital para contratação de (2) professores de língua portuguesa na Universidade de Aswan

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Egito

PLE, Língua, Emprego

Encontra-se aberto o processo seletivo para o preenchimento de 2 vagas de Professor de língua e literaturas de língua portuguesa no Departamento de Língua Portuguesa da Faculdade de Línguas da Universidade de Aswan, no Egito.
 
Perfil do candidato
 
1- O candidato deve, preferencialmente, ter formação em Letras (Língua Portuguesa) ou pós-graduação (mestrado ou doutorado) na área de Língua portuguesa, Letras, Literatura ou áreas afins;
2- Também poderão se candidatar professores de língua portuguesa com formação na área de humanas, que tenham experiência comprovada em ensino de português para falantes de outras línguas;
3- Ter interesse na língua e cultura árabe e abertura às diferenças culturais e facilidade de adaptação são fatores que contarão positivamente;
4- O candidato precisa estar apto física e psicologicamente para trabalhar no Egito por um ano;
5- Saber trabalhar em equipe.
 
Processo seletivo
 
Para efetuar a candidatura é preciso enviar o currículo para o email (aswanportugues@gmail.com), juntamente com cópia dos certificados até dia 31/03/2016.
 
Após análise dos documentos, os candidatos selecionados serão chamados para entrevista, que poderá ser presencial, caso o candidato esteja em Aswan, ou virtual por Skype, caso esteja fora do Egito.
 
O resultado do processo seletivo será divulgado a partir de julho de 2016.
 
Remuneração e benefícios
 
1. A remuneração é de 2600,00 Libras Egípcias (LE);
2. Transporte até a universidade;
3. Plano público de saúde;
4. Coorientação de pesquisas que dialoguem com a língua árabe e suas letras e as culturas dos países de língua portuguesa em nível de mestrado ou doutorado ou supervisão de pós-doutorado;
5. Certificado de Experiência como docente universitário;
6. Passeios por pontos turísticos importantes no Egito;
7. Aulas de língua e cultura árabe.
 
A contratação
 
1. A contratação é válida por um ano, podendo ser renovada, sendo a carga horária de 20 horas semanais distribuídas em três ou quatro dias por semana;
2. Os dois professores ou professoras de língua portuguesa vão ministrar aulas no curso de graduação em Língua Portuguesa da universidade no ano letivo 2016-2017, que terá início em setembro de 2016 e termina até meados de junho de 2017;
3. A Universidade fornece uma carta com aval da Embaixada do Brasil no Cairo para a facilitação do visto do professor contratado.
 
Outras informações
 
O Departamento de Língua Portuguesa da Universidade de Aswan foi criado dia 20 de fevereiro de 2014 pela resolução do Conselho da Universidade de Aswan depois da aprovação da Descrição Curricular do Programa de Graduação em Língua Portuguesa. O novo departamento forma estudantes em Língua Portuguesa capazes de realizar traduções e comunicações interculturais fluidas entre os Países Falantes de Língua Portuguesa e Países Falantes de Língua Árabe. A Universidade de Aswan foi criada no dia 15 de junho dos 2012 e está localizada na região do Saari. A Universidade é Pública Estatal e pertence ao Ministério de Ensino Superior da República Árabe do Egito. A Universidade tem 14 faculdades: Línguas e Tradução (Al Alsun), Agricultura, Arqueologia, Ciências Naturais e Exatas, Ciências Sociais, Educação, Enfermagem, Engenharia, Engenharia de Energia, Letras, Medicina, Hotelaria e Turismo, e Veterinária. No Ano 2014, a Universidade contava com mais de 100 mil estudantes, cuja maioria é do Alto Egito. A Faculdade de Línguas (Al Alsun) abrange departamentos das seguintes línguas: árabe, inglês, francês, espanhol, português, italiano, alemão, russo, chinês, japonês, coreano, hebraico, turco, amárica, suaíli, e haúça. Com uma média de 1000 alunos matriculados, o objetivo da faculdade é formar profissionais capazes de participar ativamente no desenvolvimento da pesquisa, da educação, do turismo, da tradução, das relações internacionais e da comunicação.
 
Fonte: Dr Maged El Gebaly via CELP FFLCH USP

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas