Sábado, 24 de Agosto de 2019
Financiamento/bolsas/emprego

2.º Concurso FCT & Aga Khan

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe

Arquivos, Ciências Humanas e Sociais, Concursos, Cooperação Internacional

Cooperação Internacional

Acordo de Cooperação Científica e Tecnológica entre o MCTES e o Imamat Ismaili

Iniciativa Conhecimento para o Desenvolvimento
2º Concurso para propostas de projetos conjuntos

 

O Ministério da Ciência e Tecnologia e Ensino Superior, representado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e o Imamat Ismaili, representado pela Aga Khan Development Network (AKDN), informam que se encontra aberto o segundo concurso para o financiamento de projetos conjuntos de investigação científica e desenvolvimento tecnológico, destinados a incentivar e fortalecer competências e capacidades científicas, técnicas, humanas e sociais dirigidas ao progresso da Qualidade de Vida (QDV) em África. Este concurso âmbito é aberto ao abrigo do Acordo de Cooperação Científica e Tecnológica entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) e o Imamat Ismaili (celebrado em Maio de 2016). O concurso encontra-se aberto entre 10 de maio a 30 de setembro de 2019.

O presente concurso dirige-se a novas iniciativas e colaborações entre instituições de investigação científicas e académicas portuguesas, africanas e da AKDN, com objetivo de contribuir para o desenvolvimento de iniciativas que contribuam para consolidar as capacidades de investigação nos referidos países africanos.

São aceites propostas em todos as áreas científicas identificadas no Protocolo, incentivando a colaboração multidisciplinar e assegurando recursos suficientes para permitir um impacto significativo dos projetos em Portugal e em África. As áreas científicas prioritárias específicas para este concurso são indicadas no Aviso de Abertura [PDF] deste concurso.

Os tópicos objeto de investigação conjunta devem incidir sobre disciplinas emergentes no contexto da QDV, incluindo, entre outros, a segurança alimentar, a biodiversidade, o desenvolvimento da infância, o habitat, sistemas sustentáveis de energia e desenvolvimento urbano, reinstalação de migrantes, a sociedade civil e o pluralismo.

Podem ser desenvolvidas propostas específicas para fomentar a pesquisa nos arquivos portugueses sobre migrações e o comércio no Oceano Índico.

Mais informações: https://www.fct.pt/apoios/cooptrans/imamat_ismaili/index.phtml.pt

Fonte: FCT

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas