Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
Congressos

I Jornada de Estudos de Género

Início: Fim: Países: Portugal, Itália

Literatura, Eventos

I Jornada de Estudos de Género: As mulheres e a escrita no contexto lusófono e italiano
17-18 novembro 2014
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

 
Os exemplos representativos de obras-primas impuseram, mesmo que inconscientemente, alguns modelos arquetípicos de obras de arte. Estes modelos ou conjuntos de imagens apresentam, nos estudos literários, desde a literatura greco-romana até ao século XX, e mesmo nos tempos atuais, um padrão eurocêntrico, composto, fundamentalmente, por autores homens – modelo combatido tardiamente pelos estudos culturais. Por isso, estudar a produção literária das mulheres é, ainda hoje em dia, pelo menos no contexto lusófono e italiano, questionar o cânone, a opressão sobre as mulheres e sobre a sua produção escrita e até as próprias imposições de uma linguagem misógina.
 
Cruzando diferentes áreas disciplinares, esta Jornada de Estudo propõe-se refletir sobre o que as mulheres nestes dois espaços produziram, o que pensaram e quais os estratagemas que utilizaram para publicar as suas obras, repensando até a aproximação entre escritoras dos vários países em língua portuguesa e da Itália. Citamos, a título de exemplo, Florbela Espanca que reflete, trocando olhares com Guido Battelli a respeito da poesia da escritora italiana Ada Negri (1870-1945), sobre o leitmotiv presente na sua obra Livro de Mágoas. Florbela compreende que daqueles soberbos versos emana um sofrimento diferente daquele contido na sua própria poesia: "A dor de Ada Negri usa um manto púrpura sobre os ombros, a minha veste de burel e anda descalça."*. Seria por uma imagem feminizante de um Job sofredor – ao mesmo tempo "desgraçado" e "abençoado" – que a poética florbeliana se viria a distanciar da escritora italiana.
 
*Epístola manuscrita da autora, pertencente à Biblioteca Pública de Évora e datada de Évora, a 10 de julho de 1930 («Exmo. Sr. Guido Battelli»). Integra o espólio doado à Biblioteca Pública de Évora pelo professor convidado de Italiano da Universidade de Coimbra, em janeiro de 1932, pouco antes de Battelli deixar Coimbra e regressar, em definitivo, ao seu país.
 
Assim, propomos alguns tópicos de análise:
 
1. Diálogos/Perspetivas dialógicas entre escritoras italianas e dos países de língua portuguesa
2. As escritoras na história da literatura italiana
3. As escritoras na história da literatura em língua portuguesa
4. Que género de língua? O poder discriminatório das palavras (e da gramática) nas línguas italiana e portuguesa. Estereótipos na linguagem e na imagem da mulher nos mass media
5. Os estudos de género no contexto lusófono e italiano.
 
Línguas do evento: português, italiano e inglês
 
Propostas
 
A data limite para submissão dos resumos é 7 de setembro de 2014. Cada resumo deve ter no máximo 250 palavras, de 3 a 5 palavras-chave e deve ser enviado juntamente com um breve CV para o seguinte endereço eletrónico:
estudos.femininos.luso-italianos@letras.ulisboa.pt.
A receção e aceitação de propostas será anunciada por e-mail. A Comissão Científica fará uma seleção das propostas e comunicará a sua decisão até 20 de setembro de 2014. Pede-se aos participantes que não excedam o tempo máximo de 15 minutos em cada apresentação.
 
Publicação
 
Os textos apresentados serão objeto de seleção; os textos selecionados serão, posteriormente, publicados.
 
Comissão Organizadora e Científica
 
Annabela Rita (Universidade de Lisboa – CLEPUL)
Ana Luísa Vilela (Universidade de Évora – CEL)
Debora Ricci (Universidade de Lisboa – DLGR)
Fabio Mario da Silva (Universidade de São Paulo/FAPESP)
Isa Severino (Instituto Politécnico da Guarda)
Livia Apa (Università degli Studi di Napoli – L’Orientale)
Vanda Anastácio (Universidade de Lisboa – CEC)
 
Secretariado:
 
Luís Pinheiro
Paula Carreira
 
Instituições Organizadoras
 
Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL – FLUL)
Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CEC – FLUL)
Centro de Estudos em Letras da Universidade de Évora (CEL – UÉ)
Dipartimento di Studi Letterari, Linguistici e Comparati – Università degli Studi Napoli “L’Orientale”
Instituto Europeu de Ciências da Cultura – Padre Manuel Antunes (IECCPMA)
 
Taxa de inscrição
 
A taxa de inscrição é de 70 € para as comunicações auto-propostas e de 20 € para os interessados em assistirem à Jornada e receberem um certificado. O pagamento deverá ser efetuado até ao dia 20 de setembro.
 
No valor da inscrição estão incluídos o material da jornada de estudo e o certificado de participação.
Os participantes são responsáveis pela preparação e custos integrais de viagem e estadia.
 
Formas de pagamento:
 
por depósito ou transferência bancária:
Conta Montepio: 071.10.009246-0 NIB: 0036.0071.99100092460.71
IBAN: PT50.0036.0071.9910.0092.4607.1 BIC/SWIFT: MPIOPTPL
por cheque endereçado ao Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes
por vale postal endereçado ao Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes
 
(todos os cheques, vales postais ou comprovativos de pagamento deverão ser enviados para os
contactos do Congresso)
 
Confira o cartaz em anexo.
 
UL

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas