Terça-feira, 22 de Junho de 2021
Congressos

1º seminário do Ciclo Críticas Coloniais em Perspectiva Brasileira

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil, Portugal

Estudos Decoloniais

1º seminário do Ciclo Críticas Coloniais em Perspectiva Brasileira

"A modernidade para os estudos pós-coloniais latino-americanos"

 

30 de abril de 2021 | 15h de Portugal - 11h horário de Brasília | Zoom

Gratuito, mas pré-inscrição obrigatória. Inscrições abertas até dia 28 de abril de 2021

 

Grupo de Estudos Brasileiros:

Por iniciativa do Grupo de Estudos Brasileiros vinculado ao Programa Doutoral em Modernidades Comparadas da Universidade do Minho, este painel irá discutir as perspectivas gerais da crítica pós-colonial brasileira, com especial ênfase na modernidade para os estudos pós coloniais latino-americanos. No Brasil e em boa parte do continente sul americano o termo “Descolonial” é mais usual do que o conhecido “pós-colonial”. Esta revisão epistemológica se impõe em um mundo em que grupos são silenciados e têm seus saberes e cosmovisões negadas. Em um diálogo com o pós colonial crítico de Boaventura de Sousa Santos e com as teses da “modernidade-colonialidade-decolonialidade” latino-americana, Adelia Miglievich Ribeiro, inaugura com sua conversa, nesta que é a primeira atividade do Ciclo de Seminário de Críticas Coloniais em Perspectiva Brasileira.

A convidada:

Adelia Miglievich Ribeiro é doutora em Ciências Humanas – Sociologia pela UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, professora adjunta do Departamento de Ciências Sociais e nos PPGs de Ciências Sociais e de Letras da Ufes em Vitória. Co-coordenou a coletânea Crítica Pós-Colonial: panorama de leituras contemporâneas (Faperj; 7Letras). Participou, dentre outras, das coletâneas "Tempo Negro. Temperatura Sufocante. Estado e sociedade no Brasil do AI-5" (PUC-Rio; Contraponto), "O Brasil em evidência: a utopia do desenvolvimento" (PUC-Rio; FGV), "América Latina e Brasil em Perspectiva" (ALAS; UFPE). Está atualmente vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação (ProPEd-Uerj) como bolsista sênior de pós-doutorado da Faperj com o projeto de pesquisa Darcy Ribeiro, Universidade e a Utopia latino-americana. Suas pesquisas concentram-se, de um lado, em sociologia dos intelectuais, história das ciências sociais e pensamento social latino-americano; de outro, em teoria crítica, reconhecimento e pós-colonial.

Seminário Críticas Coloniais em Perspectivas Brasileiras:

Este ciclo de seminários surge da inquietação em contribuir com a divulgação das perspectivas pós-coloniais que partam também da América Latina. O processo colonizatório no Brasil violentou, imprimiu estereótipos, preconceitos históricos e invisibilizou existências. Embora a história colonial oficial compreenda o período do século XVI ao século XIX, é consensual nos estudos literários, artísticos, culturais, políticos e sociológicos brasileiros que, ainda que a independência política do País tenha ocorrido, o legado deixado pelo empreendimento colonial nunca foi superado, e opera efetivamente no pensamento social e cultural, moldando as relações de poder. Neste ciclo permanente de seminários, propomos olhar para este legado colonial a fim de ampliar a compreensão dessas consequências, integrando a comunidade acadêmica que se interesse por esse debate feito a partir da teoria crítica desenvolvidas no Brasil.

Mais informações e inscrições: http://cehum.ilch.uminho.pt/bras

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas