Sábado, 20 de Julho de 2019
Publicações

Revista O Eixo e a Roda: João Cabral de Melo Neto, 100 anos

Início: Fim: Países: Brasil

Chamada para artigos, Literatura

Chamada para submissões – v. 29, n. 2 (2020)

O Eixo e a Roda: Revista de Literatura Brasileira está com chamada aberta para submissão de artigos para o v. 29, n. 2, a ser publicado no primeiro semestre de 2020: João Cabral de Melo Neto, 100 anos

Vinte anos se passaram desde a morte do poeta João Cabral de Melo Neto (1920 – 1999), nome incontornável da cultura brasileira, cuja voz inconfundível se pode ouvir com grande destaque na poesia produzida agora no Brasil. Essa voz já se fazia notar, de um modo ou outro, ora em emulação e diálogo produtivo, ora em franco dissídio crítico, em toda a produção poética brasileira de relevo publicada na segunda metade do século XX. Além disso, é tempo de preparar as comemorações do centenário de nascimento do escritor. Antilírico, geômetra rigoroso, poeta participante e cerebral, viajante insuspeito e singular, cantor de Recife e Sevilha – que apresentou com as formas simultâneas da poesia popular e da arte de vanguarda –, autor de uma obra marcada pela paisagem áspera do deserto e pelo fascínio da pintura e da visualidade, mas que nunca abandonou a dimensão tensa do verso, João Cabral é um dos nomes centrais da poesia produzida em língua portuguesa no último século, ocupando lugar de destaque junto a nomes como Carlos Drummond de Andrade e Sophia de Mello Breyner Andresen, autores como ele interessados no universo das coisas e na carnalidade das palavras e do mundo.

Tomando parte nesse momento de celebração e memória crítica, a revista O Eixo e a Roda organiza um dossiê sobre os trabalhos do poeta. Para isso, convida pesquisadores da sua obra e demais interessados a colaborarem enviando artigos, resenhas, ensaios e entrevistas sobre o poeta, sua vida, a recepção de sua obra e os desdobramentos que sua poesia conheceu, seja em traduções para outros idiomas, adaptações para o teatro, cinema ou outras formas de expressão artística e cultural.

Data-limite para submissão de artigos: 1º de outubro de 2019.

Comissão organizadora:
Marcos Siscar (UNICAMP)
Ana Porrúa (Universidad Nacional de Mar del Plata)
Gustavo Silveira Ribeiro (UFMG)


Call for papers O Eixo e a Roda – v. 29, issue 2 (2020)

O Eixo e a Roda: Revista de Literatura Brasileira is receiving submissions of articles for the second issue of its v. 29, to be published in the first half of 2020.

Twenty years have passed since the death of the poet João Cabral de Melo Neto (1920-1999), an inescapable name within Brazilian culture. His emblematic voice can be heard, with great prominence, in the poetry that is being produced in Brazil nowadays. Cabral's voice had already been heard in Brazilian poetic production in the half of the 20th century, but in a different way. The poet's influence was perceptible in emulation and productive dialogue as well as in critical dispute. For those reasons, it is time to prepare the centennial celebration of his birth. Anti-lyrical, rigorous geometer, participant and cerebral poet, unsuspected traveller and peculiar singer from Recife and Seville, he also mastered the forms of popular poetry and Avant-garde art. He is the author of a work marked by the hard landscape of the desert and by the fascination of painting and visuality, although he never gave up the taut dimension of the verse. João Cabral is one of the central names of the poetry that has been produced in Portuguese in the last century. He occupies a distinguished place next to Carlos Drummond de Andrade and Sophia de Mello Breyner Andresen. Those authors were interested in the “universe of things” and in the substance of the words and of the world in a sense that is similar to Cabral's own interest.

As we wish to take part in the celebration and be part of the critical memory, we, from the journal “O Eixo e a Roda”, are organizing a dossier about the poet's works. Thus, we invite researches to collaborate with articles, reviews, essays and interviews about the poet, his life, the reception of his work and the outcomes that his poetry has known, whether in translation or in adaptation to theatre or movies, or even other forms of artistic e cultural expressions.

Submission deadline: October 1st, 2019.

Editors of the issue:
Marcos Siscar (UNICAMP)
Ana Porrúa (Universidad Nacional de Mar del Plata)
Gustavo Silveira Ribeiro (UFMG)

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas