Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
Publicações

Lançamento do livro "Remains of Dark Days: The architectural heritage of Oratorian missionary churches in Sri Lanka"

Início: Fim: Países: Portugal

Arquitetura, Arte, Lançamentos, Livros

Lançamento do livro
"Remains of Dark Days: The architectural heritage of Oratorian missionary churches in Sri Lanka"
19 de Julho de 2019 | 19.15h | Igreja de Telheiras, Lisboa

Com os primeiros contactos portugueses com o Sri Lanka, em inícios do século XVI, vieram os missionários católicos na sua busca pela conversão das populações locais. A perda da ilha para os holandeses, em meados do século XVII, iniciou um período de perseguição sistemática dos católicos cingaleses. Em finais do século XVII, o padre goês José Vaz, da Congregação do Oratório de São Filipe Néri, aportou ao Sri Lanka e tomou a missão de assistir espiritualmente as comunidades católicas da ilha, fundando inúmeras missões e igrejas, sendo secundado por outros oratorianos goeses.

Muitas destas igrejas desapareceram ou transformaram-se, mas ainda assim chegaram várias aos nossos dias. Estas igrejas são únicas: representam a única tipologia de igreja oratoriana conhecida e foram desenvolvidas por missionários goeses sob a influência portuguesa. Porém, várias estão desvirtuadas por remodelações e ampliações, ou estão a ser demolidadas para dar lugar a igrejas novas. Face ao perigo iminente de desaparecimento de um património único e relevante da cultura portuguesa no mundo, é imperativo o levantamento das igrejas que ainda resistem, antes que as desapareçam definitivamente.

A Fundação Calouste Gulbenkian apoiou o projecto de investigação “Oratorianos no Ceilão: Levantamento das igrejas oratorianas com influência portuguesa no Sri Lanka”, no âmbito do qual será lançado o livro “REMAINS OF DARK DAYS: The architectural heritage of Oratorian missionary churches in Sri Lanka”. Será realizada uma conferência dos autores do livro, Sagara Jayasinghe, Joaquim Rodrigues dos Santos e Hélder Carita. O evento ocorrerá no dia 19 de Julho de 2019 (sexta-feira) pelas 19.15h na Igreja de Telheiras (Lisboa).

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas