Terça-feira, 16 de Julho de 2019
Publicações

Dossiê "“Joaquim Cardozo, contemporâneo de si” - Revista Gláuks

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para artigos, Letras, Literatura

A Revista GLÁUKS ONLINE (ISSN 2318-7131), publicação semestral do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Viçosa (UFV), está recebendo artigos e ensaios para o volume 19 , n.2 – jul./dez. 2019, destinado aos Estudos Literários.

Esse número terá como foco o dossiê “Joaquim Cardozo, contemporâneo de si”:

A despeito de ter colaborações esparsas em vários periódicos desde a década de 1920, somente com a publicação do volume Poemas (1947), Joaquim Cardozo se constitui  efetivamente como uma persona autoral acessível ao público, ainda que no ano anterior tivesse sido coligido por Manuel Bandeira na Antologia de poetas brasileiros contemporâneos bissextos. O lapso temporal coloca um problema historiográfico de longo alcance: o autor deve ser considerado pela sua data de nascimento? Pelas suas publicações? Ou pelo seu reconhecimento autoral? O problema poderia ser minimizado se se tratasse exclusivamente de um poeta de relevo e não de um autor polígrafo que se insurgiu pela ficção e pela dramaturgia, pela crítica literária e de artes em geral. Não bastasse o caráter  caleidoscópico da sua escritura, suas publicações originais sempre vieram acompanhadas de ilustrações importantes, a exemplo do desenho de Emiliano Di Cavalcanti, da gravura de Roberto Burle Marx ou de Fayga Ostrower, o que sinaliza sua inserção no código artístico vigente.  A pretexto de redimensionar o lugar de Joaquim Cardozo na historiografia literária, tais informações devem ser acionadas, seja por meio de sua interlocução autoral ou artística, seja ainda pelos aspectos teóricos e historiográficos que sua obra solicita como estratégia de apreciação, uma vez que sua compreensão ainda paira  esfumada no contexto literário brasileiro.

O dossiê proposto objetiva reunir artigos que permitam a releitura perspectivada em fontes primárias ou arquivísticas da sua obra, considerando as circunstâncias de seu pronunciamento e ampliando sua recepção para além do lugar que lhe foi consignado e que, como todo objeto da tradição, ainda está em movimento.

Editores responsáveis pelo dossiê: Éverton Barbosa Correia (UERJ) e Elaine Cristina Cintra (UFPB)

Prazo para submissão: 30 jun . 2019

https://www.revistaglauks.ufv.br/index.php/Glauks/announcement/view/3

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas