Domingo, 29 de Novembro de 2020
Publicações

Construir fronteiras e imaginar cidadanias: sociedades transfronteiriças amazônicas | Chamada de artigos Íconos 70

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Equador

Antropologia, Chamada para artigos, Ciências Humanas e Sociais, Ciências Sociais, Estudos Latino-Americanos, História

A revista Íconos (ISSN: 1390-1249), editada pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO), seleciona artigos para sua edição de número 70 que tem como tema central "Construir fronteiras e imaginar cidadanias: sociedades transfronteiriças amazônicas". Os investigadores interessados têm até o 30 de setembro de 2020 para enviar artigos. Íconos é uma revista publicada em língua castelhana mas recebe também artigos em português e inglês.

Contexto

O assunto da formação de estados nacionais na América Latina é atualmente um assunto de interesse interdisciplinar nas ciências sociais, especialmente para a antropologia, história, sociologia, geografia e ciência política. Um problema pendente para os estados-nação tem sido a delimitação de suas fronteiras territoriais como parte da definição de sua soberania. Na bacia amazônica, existem povos que compartilham essas fronteiras antes mesmo da formação dos Estados e essa condição requer uma investigação aprofundada de suas implicações, assunto ainda pendente na agenda das ciências sociais da América Latina.

Nesse sentido, é necessário um exercício comparativo das sociedades localizadas nos espaços transfronteiriços da Amazônia para entender os complexos fenômenos de construção da cidadania e pertencer aos Estados e à nação, e também para explicar os vários caminhos que esse processo seguiu. As possíveis linhas de reflexão para os artigos incluem:

  •     As estratégias e mecanismos de nacionalização e nacionalização por parte dos Estados, direcionados às populações fronteiriças.
  •     A imagem da cidadania a partir de experiências descontínuas com diferentes atores que desenvolveram agendas de governança territorial (exército, missões, empresas extrativas e organizações não-governamentais de conservação e desenvolvimento).
  •     Dinâmica política local, em particular a dinâmica das lutas das organizações indígenas pela demarcação de seus direitos sobre o território e seus recursos e suas complexas relações com outros agentes econômico-políticos locais (traficantes ilegais, colonos, militares etc.) )

A publicação multidisciplinar tem como foco as ciências sociais e foi fundada em 1997 pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO), Sede Equador. O objetivo da revista é estimular um tipo de reflexão que vincule as inquietudes acadêmicas das ciências sociais à problemas da realidade social.

Tendo em vista este enfoque, os artigos publicados devem ser preferencialmente resultados o avances de investigações em qualquer área das ciências sociais. Também são aceitos ensaios sobre temas históricos e contemporâneos baseados em bibliografia especializada, análises da conjuntura nacional ou internacional que partam de investigações acadêmicas e/ou entrevistas que sejam interessantes para o campo das ciências sociais.

Mais informações na página da revista Íconos.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas