Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020
Publicações

Chamada para publicação da revista Sobre Jornalismo: "Reportagem de guerra"

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Bélgica, Brasil, Canadá, França, Portugal

Antropologia, Chamada para artigos, Ciências da Comunicação, Ciências da Informação e Documentação, Jornalismo, Sociologia

Sur le journalisme – About Journalism – Sobre jornalismo
Revista científica internacional de acesso aberto, publicada em edições eletrônicas e impressas

A revista internacional multilíngue Sobre jornalismo – About journalism – Sur le journalisme lança uma nova chamada para publicação

Reportagem de guerra

Data final para recebimento dos artigos : 1 de novembro de 2020 – Chamada SLJ – Reportagem de guerra

Editores deste dossiê:

  • Monica Martinez (Universidade de Sorocaba, Brasil)
  • Denis Ruellan (Sorbonne université, France)
  • Lassané Yameogo (CNRST- Université de Ouagadougou, Burkina-Faso)

A reportagem de guerra tem um status particular a partir da perspectiva do jornalismo e dos seus estudos. Em termos de representações e imaginações, o gênero é importante. Isso porque ele ocupa um lugar especial, altamente valorizado. Os/as alunos/as não raro se referem a ele para justificar seu projeto profissional. As livrarias frequentemente oferecem obras autobiográficas ou antologias de repórteres. Muitos filmes de ficção têm como assunto ou estrutura a correspondência de guerra. Finalmente, a violência no exercício da profissão (sequestros, mortes, repressões) leva a uma cobertura extraordinária da mídia.

Apesar deste poder simbólico (ou por causa dele), a reportagem de guerra não é estudada tanto quanto possível. Existem alguns trabalhos históricos importantes, como a obra de Knightley (1975 - 2004), um vasto acervo da Crimeia ao Iraque ou, mais recentemente, a pesquisa de envergadura de Simard-Houde (2017) sobre repórteres, incluindo correspondência de guerra. Estudos sobre estratégias de comunicação de forças armadas e governos têm frequentemente interessado os/as pesquisadores/as. Pode-se ver a esse respeito o trabalho sobre a propaganda nazista durante o Terceiro Reich (Klemperer, 1996; Y. Arani, 2011; Férard, 2014); o estudo de Hallin sobre a Guerra do Vietnã “sem censura” (1989); as publicações de Robinet sobre o gerenciamento das relações francesas das forças armadas com a mídia durante os conflitos na África (2016), as análises dos sistemas de controle dos/as repórteres ditos embedding (incorporados/as a uma unidade militar) nas guerras do Oriente Médio (Bizimana, 2014; Allan; Zelizer, 2004). Os estudos sobre a midiatização de conflitos contemporâneos (Wolton 1991; Boltanski 1993; Beauregard et al. 2002; Charaudeau 2001) são um pouco mais frequentes, assim como as investigações sobre o impacto das mensagens transmitidas pela mídia no público receptor (Eck 1985; Tchakotine 1992). Algumas pesquisas se concentraram no papel desempenhado pelo rádio no genocídio de Ruanda (Chrétien et al. 1995; Thompson 2006) ou na contribuição da mídia para os processos de paz na África (Baumann et al. 2000; Arrous, 2001; Frère, 2005; 2011). Já estudos sociológicos são mais raros. Podemos citar pesquisas sobre enviados/as especiais para El Salvador (Pedelty, 1994), as regras de relacionamentos de jornalistas em situações de guerra (Markham, 2013) e as práticas profissionais na perspectiva de gênero (Ruellan, 2018; Martinez, 2020). A psicologia é pouco usada, exceto no trabalho de Feinstein (2013).

Essa discrepância entre a importância simbólica do gênero jornalístico e a relativa escassez de trabalhos justifica esta edição especial da revista Sobre jornalismo – About Journalism – Sur le journalisme. Várias abordagens podem ser empregadas:

  1. Os imaginários da reportagem de guerra, sua representação e circulação;
  2. A constituição e as evoluções da reportagem de guerra;
  3. A sociologia dos/as repórteres de guerra;
  4. O papel das forças armadas e dos próprios governos como produtores de conteúdo.

Mais informações na chamada completa, em anexo, e no site Sur le journalisme – About Journalism – Sobre jornalismo.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas