Sábado, 07 de Dezembro de 2019
Publicações

Chamada para publicação da Revista Lusófona de Educação: "Decolonialidade da Educação"

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Portugal

Chamada para artigos, Ciências da Educação, Ciências Sociais, Desenvolvimento, Estudos Decoloniais

Chamada de artigos
Revista Lusófona de Educação

Decolonialidade da Educação: propostas para uma nova geopolítica do conhecimento

O Dossier, submetido à temática “Decolonialidade da Educação: propostas para uma nova geopolítica do conhecimento” tem por finalidade refletir e promover um debate sobre a decolonialidade da educação em todos os níveis de ensino e contribuir para pensar e promover uma nova geopolítica do conhecimento adequada à geografia cultural e epistemológica do mundo. Os educadores são formados para reproduzir fielmente a epistemologia dominante, numa matriz institucional e curricular dada e herdada da época colonial, com o desejo de “produzir" cidadãos que respondam ao projeto nacional dominante, ele próprio submetido ao projeto internacional dominante. A decolonialidade da educação supõe a decolonialidade do poder, das mentes, do saber, do género, das estruturas coloniais de dominação. Uma educação decolonial implica a consciência dos etnocentrismos, androcentrismos e antropocentrismos em praticamente todos os sistemas de educação e modelos epistêmicos e da violência epistémica levada a cabo pelo saber instituído, forma silenciosa de genocídio intelectual, operada pelo pensamento único. Conferir dignidade ontológica aos povos originários e dignidade epistemológica aos seus saberes contribuirá para a construção de uma nova geopolítica do conhecimento.

Editores Convidados:
Manuel Tavares - Universidade Nove de Julho (UNINOVE). São Paulo- Brasil
Eduardo Santos - Universidade Nove de Julho (UNINOVE). São Paulo- Brasil

Idiomas: Português, francês, espanhol e inglês

Eixos temáticos:

  • Multiculturalismo, interculturalidade e decolonialidade: contribuições para uma nova geopolítica do conhecimento
  • Pedagogias decoloniais e transformação educativa
  • Epistemologias insurgentes e da resistência e geopolitica do conhecimento
  • Fundamentos epistemológicos de políticas educativas contra-hegemónicas
  • Colonialidade do saber: Currículo e inclusão cultural e epistemológica
  • Ciências Sociais e democratização do conhecimento  
  • Decolonialidade da educação superior

Deadlines

  • Envio de artigos: até 30 de Setembro de 2019
  • Comunicação de aceitação das propostas: até 30 de Dezembro
  • Publicação:  2020

Os autores devem apresentar uma proposta que contenha, entre 30 000 a 40 000 carateres incluindo espaços, resumos, fotos, imagens, notas de rodapé e referências bibliográficas (no máximo, 25).

Todos os trabalhos serão avaliados e submetidos a uma revisão "cega". No entanto, os organizadores reservam-se o direito de tomar as decisões finais sobre a publicação.

O Dossier que se propõe será constituído por oito artigos que se situem no âmbito dos eixos temáticos propostos.

As propostas deverão ser enviadas para o editor convidado deste dossier:
manuel.tavares@outlook.com.br; tavares.lusofona@gmail.com;


A Revista Lusófona de Educação é uma publicação científica  do Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento (CeiED) do Instituto de Educação da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Mais informações: http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/announcement/view/96

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas