Quarta-feira, 08 de Abril de 2020
Publicações

Chamada para artigos - A teoria Pós-colonial em questão

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para artigos, Estudos Africanos, Estudos Afro-Brasileiros, Literatura, Migrações

A revista Mulemba (ISSN 2176-381X, Qualis A2) tem chamada para artigos aberta para seu número 16 com o tema A teoria pós-colonial em questão. Mulemba é uma publicação semestral do Setor de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa da UFRJ, temática, que se encontra hospedada no portal de periódicos da Faculdade de Letras da UFRJ.Os investigadores interessados têm até 31 de janeiro de 2017 para enviar os trabalhos.

Nascida nos anos 80, nos Estados Unidos, a teoria pós-colonial rapidamente se impôs nos países de língua inglesa como a principal ferramenta epistemológica de combate ao imaginário colonial. Repensando as noções de diáspora, de fronteira, de nação, de agência e de margens, entre tantas outras, por via de uma metodologia de natureza transdisciplinar, passou progressivamente, ainda que em velocidades distintas, a ser aplicada em outros contextos linguísticos, em um processo que a conduziu – de forma diferenciada consoante os espaços onde tem sido aplicada – a tornar-se no cânone dos estudos sobre os espaços periféricos.

Mas não de forma passiva, como confirmam as inúmeras críticas que a ela têm sido elaboradas ao longo dos últimos anos e algumas apropriações a-críticas, por vezes, obedecendo mais a estratégias de mercado, a que as universidades também estão cada vez mais sujeitas, do que a um trabalho efetivamente crítico sobre as diferentes configurações dos legados coloniais.

Assim, embora tenham surgido alguns subsídios indiscutivelmente válidos para a discussão sobre as produções culturais de campos emergentes – e por que apenas estes? –, sua recepção no universo crítico de língua portuguesa, por exemplo, segue sendo desigual, ou mesmo, em alguns casos, residual, o que também pode ser indicador de certos impasses.

O número 16 da Revista Mulemba procura reunir artigos que avaliem e sistematizem os conceitos, a importância e os impasses dos estudos pós-coloniais, ou ainda a relação, nem sempre pacífica, entre os mesmos e as literaturas africanas de língua portuguesa. Por todo o exposto, cabe-nos também indagar: qual a sua aplicabilidade em outros campos? Justifica-se reduzir essa perspectiva às chamadas literaturas periféricas? Até que ponto a colonização não permanece atuante mesmo nas propostas que pretendem a descolonização das epistemologias? O que dizer do tempo, da tradução e da apropriação local de teorias e campos disciplinares e teóricos? Qual o papel da novidade na mercadorização dos saberes? Qual a responsabilidade política dos acadêmicos?

Organizadores: Manuela Ribeiro Sanches (Universidade de Lisboa); Nazir Ahmed Can (Universidade Federal do Rio de Janeiro); Victor Azevedo (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Mais informações na página da revista Mulemba.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas