Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2021
Publicações

Chamada da revista Sul-Sul para Número Especial 01 (2021) - Marielle Franco Presente!

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para artigos, Estudos Feministas, Género, Mulheres

A Sul-Sul - Revista de Ciências Humanas e Sociais (ISSN: 2675-3758), coordenada pela Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) seleciona artigos para seu Número Especial 01 (2021) - Marielle Franco Presente!

Na sociedade patriarcal, classista e racista em que vivemos, observamos muito pouco à mulher como protagonista. Se tal sociedade dificulta a vida das mulheres, podemos imaginar que é bem pior para a mulher negra. Isso de acordo com Angela Davis acontece pela tríplice opressão, para a autora (2017), as mulheres negras das classes trabalhadoras vivem um tríplice preconceito: por ser mulher (em uma sociedade patriarcal), negra (em uma sociedade racista) e da classe trabalhadora (em uma sociedade classista), e Marielle franco reunia em si todas essas opressões.

Como nos ensina Lélia Gonzalez (2018), Marielle ultrapassa a barreira da cor e passa a enegrecer os espaços de poder por onde passava, atitude politica importantíssima para o movimento negro, sobretudo de mulheres negras e atitude politica que provocou a fúria da branquitude que está no poder. Isso posto, este dossiê propõe compartilhar pesquisas, ensaios, experiências, entrevistas e "escrevivências" sobre vida, obra e legado de Marielle Franco, isso porque ela foi de suma importância para nós. O dossiê ira compor o março 2021 onde o Instituto Marielle Franco organiza diversas atividades para lembrar os três anos do Assassinato de Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, que ocorreu dia 14 de março de 2018 no Estácio, Região Central do Rio de Janeiro.

O Instituto Marielle Franco foi criado pela família de Marielle, com o intuito de buscar justiça sobre o caso, além de defender a memória da vereadora e articular a formação política para mulheres, população negra e favelada. Portanto nesse dossiê presta homenagem e também a reivindicação de justiça por Marielle além da preservação de seu legado. Buscamos reunir nesse dossiê abordagens, análises e reflexões insurgentes, insubmissas e subversivas assim como foi à vida e luta de Marielle bem como seu legado. Por fim, sinalizamos que nossa proposta tem como referencial em particular as reflexões produzidas pelos feminismos negros transatlânticos, assim como por teóricas(os), ativistas e intelectuais comprometidas(os) com as formas de lutas da ativista e vereadora: anti-coloniais, anti-racistas, anti-patirarcal, anti-LGBTfóbicas, anti-elitistas, anti-capacitistas  e anti-discriminatórias.

Organizadoras do dossiê

  • Dra. Amanda Motta Castro (Universidade Federal do Rio Grande)
  • Ms. Anielle Franco (Diretora do Instituto Marielle Franco)
  • Dra. Fatima Lima (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Datas importantes

  • Número Especial (2021): publicação em 14/03/2021
  • Início da recepção dos textos: 14/10/2020
  • Limite da recepção dos textos: 14/02/2021

Para submeter seu texto, clique aqui.


A revista Sul-Sul - Revista de Ciências Humanas e Sociais é um periódico acadêmico quadrimestral vinculado ao Grupo de Pesquisa Corpus Possíveis, ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais (PPGCHS/UFOB) e ao Centro das Humanidades da Universidade Federal do Oeste da Bahia. As linhas temáticas de interesse da Revista são as seguintes: Corporalidades e Diferença, Cultura, Gênero e Sexualidade e Raça, Territorialidade e Linguagem.

Mais informações através do e-mail sulsul.revista@ufob.edu.br e na página da revista Sul-Sul.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas