Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021
Publicações

Chamada da Revista Juçara: "Arte e resistência, catástrofe e representação"

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Arte, Chamada para artigos, Ensino, Letras, Língua, Literatura

Chamada v5 n1 — Revista de Letras Juçara

Dossiê: Arte e resistência, catástrofe e representação

Prazo de submissões: 15/04/2021.
Previsão para publicação: julho/2021.

Profa. Dra. Luciana Barreto Machado Rezende (UnB)
Prof. Dra. Ludmila Gondim (Colun - UFMA)
Prof. Dr. Douglas De Sousa (UEMA)


Além de um conjunto privilegiado de técnicas, reflexões e conhecimentos, em seu solo histórico, a arte não deixa de se comprometer com a realidade política e social, respondendo, provocando e dialogando com a própria época. Em suas diversas e variadas camadas, e nas mais distintas expressões, a partir do desdobrável conceito ocidental de representação, a arte consubstancia a releitura, a reencenação do mundo, a resposta tanto ao imaginário que circunda o Real quanto à realidade factual mais imediata.

A finalidade deste dossiê é compor um painel multidisciplinar que reflita acerca do enfeixamento de arte e resistência, ética e estética:  como transcorrem as produções artísticas tanto em momentos de crises humanitárias, pandemias, agravamentos sociais e acirramentos políticos quanto na reflexão acerca de opressões historicamente consolidadas? Ainda nessa dupla ótica, de que modo se convalidam as representações e os questionamentos sobre o mundo, os abusos de poder político, a lógica capitalista excludente, os produtos culturais, as relações sociais?

Para Theodor Adorno, por exemplo, a arte moderna, em seu peso histórico, configura a expressão crítica e libertadora ante a racionalidade instrumental da vida econômica, política e científica, fazendo justiça a tudo aquilo oprimido em virtude da força da razão e das estruturas de poder.

Susan Sontag indaga ainda acerca da representação da crueldade e o que suscitam – banalização, indignação? – as imagens da dor, das guerras e do horror, veiculadas ampla e cotidianamente pelos meios de comunicação. Tais representações inspiram discórdia, fomentam a resistência, ou resvalam em conformidade, normalização e apatia social?

Serão aceitos artigos e ensaios que contemplem essa temática, abrangendo autores dos mais distintos gêneros artísticos, preferencialmente do século XX até hoje.

A Revista de Letras Juçara dispõe, ainda, de seção de tema livre, a qual comporta resenhas e textos diversos de teoria e crítica literárias.

Para mais informações, acesse o site da Revista: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/index

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas