Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
Publicações

Boletim de Pesquisa NELIC nº 22: Dossiê “Furio Jesi”

Início: Fim: Países: Brasil

Literatura

Nos anos 20, Oswald de Andrade fazia uma diferença entre o autêntico antropófago e o antropófago tecnizado de Keyserling. Muitos anos depois, Furio Jesi reiteraria a fórmula em sua polêmica com Kerenyi, opondo o mito genuíno e o mito tecnizado. Este último seria uma construção radicalmente subjetiva e associada ao estado de vigília, daí que Jesi proponha uma assimilação entre mito e poesia. A poesia seria o acesso solitário à coletividade do ser. Assim sendo, convergem no poeta solidão e sacrifício. Em oposição à leitura conservadora de um Octavio Paz, Jesi julga que um poeta sofre a exclusão na própria pele mas, à diferença dos demais homens sonâmbulos, o poeta reage ao apelo subversivo de evitar a solidão. Abre-se portanto a possibilidade de associar subversão e destruição. Agamben destacará precisamente essa vertente no ensaio de Jesi sobre Rimbaud e muito do modelo de análise da máquina de governo (“a máquina do mundo”) com que Agamben passa a trabalhar daí em diante, provém dessa deriva. Convocamos, portanto, a repensar a trajetória desse sofisticado e singular intelectual que foi Furio Jesi (1941-1980) para, com ele, conceber novamente o cenário cultural contemporâneo.
 
Lembramos que também poderão ser submetidos artigos para a seção de temática livre do Boletim.
 
As submissões devem ser feitas até 15 de novembro de 2014, exclusivamente pelo Portal de Periódicos da UFSC.
Confira aqui as Diretrizes para autores.
 
Núcleo de Estudos Literários & Culturais
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro de Comunicação e Expressão

 
Desde 1996, o Núcleo de Estudos Literários & Culturais da Universidade Federal de Santa Catarina vem se dedicando ao mapeamento da crítica literária e cultural brasileira a partir dos anos 70, com a catalogação e estudo de periódicos literários e/ou culturais que circulam ou circularam no país a partir desse período. Esse trabalho, realizado por uma equipe de pesquisadores em diversos níveis, busca, fundamentalmente, refletir sobre a constituição dos cânones na área da literatura e da cultura, bem como analisar as mudanças de olhar que configuram o objeto literário e sua função. Por meio de análises que consideram o próprio periódico um tecido semântico cuja leitura só se efetiva a posteriori e através do cruzamento dos dados catalogados, esse trabalho propõe, ainda, um ciclo de leitura da crítica literária e cultural: ciclo este que visa a crítica dessas críticas, encerrando um movimento que vai do texto ao texto.
 
O Boletim de Pesquisa NELIC é o periódico semestral do núcleo, orientado à publicação de textos acadêmicos de pesquisadores nacionais e estrangeiros nas áreas de literatura e cultura contemporâneas, principalmente brasileiras e latino-americanas.
 
Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil. Qualis B1.
 
NELIC

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas