Domingo, 29 de Novembro de 2020
Financiamento/bolsas/emprego

Inscrições abertas para intercâmbio em universidades brasileiras | PEC-G 2021

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe

Ensino Superior, Intercâmbio

Acaba de ser publicado o edital do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G 2021). A participação no PEC-G é destinada aos estudantes de países com os quais o Brasil possui acordos na área de educação, cultura ou ciência e tecnologia. Os estudantes devem ter concluído ou estar no último ano do correspondente ao ensino médio brasileiro, em algum país que não o Brasil, e não podem ser cidadãos brasileiros, mesmo que detentores de dupla nacionalidade, ou portadores de visto para o Brasil. As inscrições podem ser feitas até 30 de setembro de 2020.

Para participar, o candidato deve se apresentar à Embaixada ou Consulado do Brasil, onde poderá se inscrever no processo seletivo do programa. É importante que ele procure se informar acerca das Instituições de Ensino Superior participantes no Brasil e dos cursos oferecidos. No momento da inscrição, o candidato deverá indicar uma ou duas opções de curso, sendo possível também indicar duas cidades brasileiras onde gostaria de estudar.

Requisitos para participar do PEC-G 2021:

  • Ser cidadão e residente de país participante do PEC-G;
  • Possuir entre 18 anos completos e, preferencialmente, até 23 anos completos;
  • Ter cursado o ensino médio (secundário), em país outro que não o Brasil, com média aritmética global de todas as disciplinas igual ou superior a 60% e média final na disciplina da língua oficial de seu país igual ou superior a 60%;
  • O candidato que não tenha concluído o ensino médio até a data da inscrição no PEC-G poderá se candidatar e deverá apresentar o Certificado de Conclusão do ensino médio no ato da matrícula na IES brasileira, caso selecionado.
  • Possuir o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros - Celpe-Bras.
  • O candidato oriundo de país onde não haja aplicação do Celpe-Bras deverá prestar o referido exame no Brasil, uma única vez, após conclusão do curso de Português para Estrangeiros preparatório para o exame, em IES credenciada.
  • A NÃO APROVAÇÃO no exame encerrará o vínculo do aluno com o Programa, sem possibilidade de recurso, e implicará no retorno imediato ao país de origem.
  • Comprovar meios para se manter no Brasil, uma vez que o PEC-G não oferece bolsas de estudos. É obrigatório ter um responsável financeiro com condições de enviar recursos regularmente para o estudante. Embora as vagas sejam gratuitas, o PEC-G não é um programa de bolsas.
  • Comprometer-se a regressar a seu país de origem após a graduação. Os documentos acadêmicos de estudantes formados no PEC-G somente podem ser retirados na representação diplomática brasileira onde se inscreveram para o Programa.

O Brasil tem convênio com 68 países, entre eles Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné e São Tomé e Príncipe. Mais informações no edital em anexo e na página do PEC-G.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas