Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020
Congressos

Seminário Comemorativo de 20 anos do Projeto Integralidade

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para trabalhos, Direitos Humanos, Filosofia, Saúde

Em sua XVIII edição, o Seminário do Projeto Integralidade: saberes e práticas no cotidiano das instituições de saúde comemora 20 anos de existência cumprindo seu desígnio ético-político com uma dupla finalidade: afirmar o imperativo categórico do princípio da integralidade como reafirmação do direito à saúde, como direito humano ao cuidado, com a centralidade no usuário e de sua participação no projeto terapêutico a ele destinado; e comunicar publicamente o conhecimento produzido, fruto de suas atividades indissociáveis de formação, pesquisa e extensão,

Com o tema central Natalidade e o sus: pensar inícios e (re)começos no cuidar, pretendemos reiterar a vocação reflexiva e crítica sobre integralidade a partir da promoção de um debate intenso e atualizado sobre os elementos constitutivos dos saberes e práticas que orientam sua efetivação no cotidiano das instituições, quais sejam: o direito à saúde, o trabalho em equipe participação e espaços públicos e a experiência humana como fonte do pensar e do agir para sua constituição. A partir de uma perspectiva arendtiana, pensar o nascimento pode significar uma abertura compreensiva sobre os problemas recorrentes e crescentes da vida e da saúde. Hannah Arendt, em sua obra A Condição Humana, configura o “ser para o início”, ou seja, a natalidade, como o começo de um ser no mundo humano, entre os demais.

O evento será organizado em duas atividades: A primeira com a realização do Pré-Colóquio Internacional Interdisciplinar Hannah Arendt a ser realizado na UERJ com inscrições para apresentação de trabalhos em Sessões Coordenadas (SC) nos dias 03 e 04 de novembro de 2020 e XVIII Seminário do Projeto Integralidade com conferências e mesas de debates nos dias 04, 05 e 06 de novembro de 2020, na modalidade on-line .

Para a participação na primeira atividade, os interessados deverão encaminhar resumo expandido, de no mínimo três, até cinco laudas, impreterivelmente até 18 de setembro de 2020, nos seguintes eixos:

  • Humanização da Saúde, Gestão e Direitos Humanos (1);
  • Diálogo e Relações intersubjetivas entre saberes e práticas sociais (2)
  • Subjetividade, pluralidade e ação (3).

Mais informações e inscrições no site do LAPPIS.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas