Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Congressos

Fátima Mendonça: "Modelos de herói na ficção narrativa"

Início: Fim: Países: Moçambique, Portugal

Estudos Africanos, Literatura

Seminário | Modelos de herói na ficção narrativa nas literaturas da África Austral
Fátima Mendonça (Universidade Eduardo Mondlane)
5 de março de 2015, 15h00, Sala 1, CES-Coimbra

 
Desde os anos 60 a maior parte da ficção narrativa africana desenvolveu um modelo de protagonista configurado como anti-herói, sendo possível estabelecer algumas analogias Tendo esta questão como ponto de partida analisarei A walk in the night (1962) de Alex La Guma, A grain of Wheat (1967)de Ngugi wa Thiong´o e Nhinguitimo e Dina (1964) de Luis Bernardo Honwana. Nos dois primeiros casos pode associar-se o comportamento dos protagonistas às personagens do universo dostoiyevskiano, movidas por conflitos interiores. Contudo, diferentemente delas, agem num cenário social que justifica as ações cometidas. A tendência para a exterioridade da focalização institui a ambiguidade das narrativas, cujos desfechos são deixados sem julgamento. Falaríamos então aqui de hibridismo, no sentido em nenhuma destas narrativas se filia de forma absoluta ou precisa nestas tendências, mas se move numa espécie de entre-lugar, do qual emerge o anti-herói. No caso das narrativas de Honwana os processos técnico narrativos aproximam-nas das opções estéticas vanguardistas do nouveau-roman e de alguma narrativa norte-americana. Pelo distanciamento que criam relativamente a esses outros gestos literários, estas obras se apresentam com um efeito de diferença legitimado pela recepção que os fixa num campo literário próprio (literatura queniana,sul-africana, moçambicana), dando origem à cristalização de um modelo que, percebido inicialmente como híbrido, se multiplicou noutros escritores africanos, contribuindo assim para uma identificação genérica.
 
III Ciclo de Colóquios-Cursos Internacionais
As Literaturas Africanas de língua portuguesa em perspetiva comparada
Maio de 2014 - Abril de 2015

 
Fátima Mendonça é Professora da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane, desde 1977, tendo-se aposentado em 2004. Lecionou várias disciplinas, entre as quais Literatura Moçambicana, Literatura Comparada, Literaturas Africanas Comparadas, Literaturas da África Austral. Examinadora externa e professora visitante em diversas Universidades africanas, brasileiras e europeias. A sua investigação situa-se no campo da História Literária de Moçambique, da qual resultaram várias publicações. Membro da Associação dos Escritores Moçambicanos, de cujos órgãos diretivos fez parte como vice-presidente da Assembleia-Geral e Presidente do Conselho Fiscal de 1992 a 1996. Desde 2007 é investigadora integrada do CLEPUL (Centro de Culturas e Literaturas lusófonas e europeias da Universidade de Lisboa). Entre as suas publicações, destacam-se os seguintes livros (em coautoria com César Braga-Pinto) João Albasini e as luzes da Nwandzengele, Lisboa: CLEPUL (no prelo); Literatura moçambicana - as dobras da escrita. Maputo: Ndjira, 2011; Rui de Noronha: Meus versos [edição crítica da poesia de Rui de Noronha], Maputo: Texto Editores 2006; Literatura moçambicana - a história e as escritas. Maputo: Universidade Eduardo Mondlane, Faculdade de Letras, 1989; Antologia da nova poesia moçambicana: 1975 - 1988 [em co-autoria com Nelson Saúte]. Maputo: AEMO, 1993. É igualmente autora de vários ensaios, entre os quais: «Hibridismo ou estratégias narrativas? Modelos de heroi na ficção narrativa de Ngugi wa T´hiongo,Alx la Guma e João Paulo Borges Coelho». In Hybridations problématiques dans les littératures de l´Ócean Indien. ´Barcelona Éditions K´A, 2010 ; «Mia Couto - le mal-aimé»- Études Littéraires Africaines - Autour de Mia Couto. Metz: APELA/Université Paul Verlaine, 2008; «Literaturas emergentes identidades e cânone». In Maria Paula Meneses e Margarida Calafate Ribeiro. Moçambique - das palavras escritas. Porto: Afrontamento, 2008; «Setentrião de João Paulo Borges Coelho». Review of Books. Dakar: Codesria, 2006.
 
Atividade no âmbito do Núcleo de Estudos sobre Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz (NHUMEP)
 
CES/Coimbra

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas