Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Congressos

Debate: Intérpretes do Brasil. Clássicos, Rebeldes e Renegados

Início: Fim: Países: Brasil

História, Cultura

Intérpretes do Brasil: clássicos, rebeldes e renegados, organização de Luiz Bernardo Pericás e Lincoln Secco, 1ª ed. – São Paulo: Boitempo Editorial, 2014, é o tema do Debate Cedem/Unesp, que será realizado no dia 16 de outubro de 2014 às 18h30, promovido pelo Cedem – Centro de Documentação e Memória da Unesp.
 
"Clássicos, rebeldes e renegados" é o subtítulo de Intérpretes do Brasil, livro que os professores de História da USP, Luiz Bernardo Pericás e Lincoln Secco, organizaram para traçar um amplo panorama do pensamento crítico político-social brasileiro do século XX. São ao todo 27 estudos e ensaios escritos por reconhecidos especialistas acadêmicos que se debruçaram sobre a vida e a obra de alguns dos principais intérpretes da história e da cultura no Brasil. Os autores escolhidos compõem um amplo e rico panorama dos pensamentos social e historiográfico nacional da década de 1920 até o começo dos anos 1990, alguns dos quais muito pouco discutidos em outras obras do gênero.
 
A seleção traz alguns pensadores já clássicos, mas em abordagens inovadoras sobre: Octávio Brandão, Heitor Ferreira Lima, Astrojildo Pereira, Leôncio Basbaum, Nelson Werneck Sodré, Ignácio Rangel, Rui Facó, Everardo Dias, Sérgio Buarque de Holanda, Gilberto Freyre, Câmara Cascudo, José Honório Rodrigues, Caio Prado Júnior, Edgard Carone, Florestan Fernandes, Ruy Mauro Marini, Jacob Gorender, Antonio Candido, Celso Furtado, Rômulo Almeida, Darcy Ribeiro, Mário Pedrosa, Maurício Tragtenberg, Paulo Freire, Milton Santos. “Este livro, portanto, vem ampliar de modo crítico e significativo os horizontes e o debate histórico-historiográfico nesta quadra difícil de nossa história, tão marcada por ambiguidades, desacertos e, já agora, também por profundas revisões para uma retomada rumo a um futuro melhor”. Carlos Guilherme Mota, historiador.
 
Alguns estudos em foco e seus respectivos palestrantes:
 
Leôncio Basbaum – por Angélica Lovatto (doutora em Ciência Política pela PUC/SP, é professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Unesp-Marília e do Departamento de Ciências Políticas e Econômicas);
 
Caio Prado Júnior – por Luiz Bernardo Pericás (pós-doutorado pela FLACSO (Facultad Latino-Americana de Ciencias Sociales), México e pela University of Texas at Austin, é professor de História Contemporânea da USP).
 
Maurício Tragtenberg – por Paulo Douglas Barsotti (pós-doutorado em Ciência Política pela UNESP – campus em Maríla/SP, é professor da Fundação Getúlio Vargas-SP).
 
Octávio Brandão – por João Quartim de Moraes (doutorado pela Doctorat D’État em Science Politique na Fondation Nationale de Science Politique da Academia de Paris, professor titular aposentado da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp).
 
Intérpretes do Brasil. Clássicos, Rebeldes e Renegados
Debate Cedem/Unesp: 16/10/14

 
Duração: 2h30
Vagas limitadas: 70
Inscrições gratuitas - enviar nome completo, e-mail e instituição para:
Sandra Santos, e-mail: ssantos@cedem.unesp.br.
Certificado de participação
Data, horário e local: 16/10/14 às 18h30: Praça da Sé, 108 – 1º andar (metrô Sé) (11) 3116–1701
www.facebook.com/cedemunesp - www.cedem.unesp.br
 
O Cedem (Centro de Documentação e Memória da UNESP) tem como objetivo preservar, pesquisar e difundir a memória dos movimentos sociais brasileiros contemporâneos, bem como outras fontes produzidas no âmbito da missão da Universidade: ensino, pesquisa, extensão. Tem sob sua guarda importantes acervos referentes à história das esquerdas brasileiras e a outros movimentos sociais e culturais ocorridos, principalmente, no século XX. Realiza, além disso, debates periódicos sobre temas e questões sociais, políticas e culturais da atualidade, dirigidos não só ao público acadêmico, mas também aos interessados em geral.
 
Órgão integrante da instituição universitária, vinculado à Vice-Reitoria, foi constituído por iniciativa de um grupo de professores da área de Humanidades da Universidade Estadual Paulista UNESP, em 1987. Atualmente o Cedem é também especializado na prestação de apoio informativo à pesquisa social e realiza amplos projetos de digitalização dos documentos sob sua guarda, com o apoio da Fapesp e da própria universidade. O acervo encontra-se aberto à consulta pública, on-line ou presencial.
 
BRASA

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas