Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020
Congressos

7º Encontro de Divulgação de Ciência e Cultura Labjor - Unicamp | prazo prorrogado

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para trabalhos, Comunicação, Jornalismo, Media

Estão abertas as inscrições para o 7º Encontro de Divulgação de Ciência e Cultura (EDICC 7), evento organizado por alunos de pós-graduação do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O encontro virtual será realizado de 7 a 9 de outubro de 2020. As inscrições para apresentação de trabalhos podem ser feitas até 01 de setembro de 2020. As inscrições para ouvintes vão até 6 de outubro de 2020.

EDICC 7: Entre-meios

A ideia do entre-meio surgiu ainda no EDICC 6: um dos participantes, certo dia, usava uma camiseta azul-turquesa. Ainda que seja muito bonita, essa cor causa certo incômodo, por às vezes não ser possível diferenciar se é um derivado do verde ou do azul. Disto decorreu: se algo dado, da ordem do visível, como uma cor, consegue causar esse efeito de não-evidência, qual o papel do conhecimento e da ciência? Evidência, logo, entendido como aquilo da ordem do que se vê. Pelo sistema RGB, por exemplo, toda cor poderia ser formada por azul, verde e vermelho. Pois bem: o azul turquesa (código hexadecimal #40e0d0) é composto principalmente pela cor verde.

No entremeio de dois universos a princípio bem delimitados, tem-se um terceiro, um deslocamento que provoca os sentidos e as concepções bem-estabelecidas. Assim, também entendemos a divulgação científica: não é apenas uma conexão entre áreas tidas como distintas, como por exemplo a “ciência” e a “comunicação”, ou então a academia e a sociedade. Mais do que uma função de ponte, a divulgação científica é aquilo que nasce da relação entre esses diferentes universos.

Com entre-meios, tem-se uma palavra que podem ser duas. A grafia hifenizada, a princípio, “não existe”; no entanto, buscou-se evidenciar simultaneamente tanto o caráter interdisciplinar da divulgação científica, de compor entre meios bem-estabelecidos e delimitados, quanto o de ser um entremeio. Além disso, pretende-se reforçar o caráter plural das ciências, em consonância com a filosofia do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Unicamp. Em nossos grupos de pesquisa, salas de aula e trabalhos desenvolvidos, convivem metodologias e temáticas as mais diversas. Há estudos que se embasam em áreas como linguística, sociologia, antropologia, filosofia ou comunicação, olhando para questões relacionadas a gênero, fake news, representação midiática, vigilância, poesia, projetos de lei, agricultura, arte, ativismo digital, mudanças climáticas, big data, entre várias outras.

Em 2020, relações que até então eram evidentes tomaram um revés de ordem global a partir da pandemia do novo coronavírus. A necessidade de isolamento social e o alto risco sanitário reconfiguraram os lugares estabilizados e tornou-se impossível seguir da mesma maneira que antes. A ciência passou a assumir um dos polos de orientação do debate público – ainda que, não raro, tenha sido criticada por líderes políticos mundiais. Em paralelo, questões diversas como fake news, negacionismo, vigilância, controle social, opressão de minorias ou sofrimento psíquico parecem ter ganhado novo impulso quando o medo é vivido coletivamente e o inimigo é invisível. A divulgação científica, assim, também se depara com novos desafios em tempos de pandemia, que precisam ser pensados e discutidos coletivamente para que outros caminhos se façam possíveis.

Informação completa na página do EDICC 7.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas