Sábado, 15 de Dezembro de 2018
Congressos

2º Colóquio História, Comunicação, Informação e Artes na Era Digital em Moçambique

Início: Fim: Países: Moçambique

Arte, Ciências da Comunicação, História

Nos dias 13 e 14 de novembro o Camões – Centro Cultural Português em Maputo acolhe a 2ª Edição do Colóquio História, Comunicação, Informação e Artes na Era Digital em Moçambique, uma iniciativa da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) em parceria com a Oficina de História de Moçambique através da Plataforma ECArte-Comunicação, Arte e Sociedade.

A primeira edição do Colóquio “História, Memória, Música, Comunicação e Artes” teve lugar no pretérito ano de 2017, com o objetivo central de divulgar a produção científica feita pelos docentes e estudantes finalistas dos cursos da ECA, mas acima de tudo, incentivar a comunidade académica da ECA a envolver-se cada vez mais em ações de reflexão sobre os grandes temas no domínio das artes e da comunicação, num diálogo permanente com as novas tendências epistemológicas e ecológicas de produção de conhecimento.

Na década da era digital, a ECA propõe, com a 2ª edição do Colóquio, refletir sobre a História, a Comunicação, a Informação e Artes na Era Digital em Moçambique, tendo o digital com ponto de intersecção no processo criativo, na produção, na sua disseminação, partilha e intercâmbio de conhecimento, rumo a uma democratização de saberes a partir dos recursos digitais. Até que ponto a era digital em que vivemos pode e deve ser potenciada para consolidar o desenvolvimento da história, da preservação da memória social e coletiva, das artes, da comunicação, da informação, e da democratização do conhecimento na sociedade contemporânea moçambicana? Qual deve ser o posicionamento das instituições de ensino e dos promotores do diálogo intercultural em Moçambique?

Estes e outros assuntos serão debatidos durante dois dias de apresentação de trabalhos de pesquisadores em 6 painéis temáticos, de interação, partilha de experiências e produção de conhecimento. Durante o Colóquio será também apresentado pela primeira vez publicamente o documentário “No Trilho de Malangatana – do Legado à Memória”, de Lurdes Macedo, bem como realizada uma mesa redonda dedicada ao “Ensino de Artes em Moçambique: Desafios e Perspetivas”.

Dia 13 de novembro, o colóquio decorrerá entre as 8h00 e as 16h00. No dia 14 de novembro, entre as 8h00 e as 12h00. A entrada é gratuita.

Fonte: Camões – Centro Cultural Português em Maputo

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas