Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018
Congressos

11.ª Conferência Internacional da American Portuguese Studies Association — APSA

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Estados Unidos

Chamada para painéis, Chamada para trabalhos, Ciências Humanas

11.ª Conferência Internacional da American Portuguese Studies Association — APSA

Universidade de Michigan, 18–20 de Outubro de 2018

http://apsa.us/apsa-international-conference-2018/

Temática do Congresso
“Democracia em questão: o que quer e o que pode a cultura?”

Nos últimos anos, acadêmicos e analistas vêm discutindo uma “recessão democrática” (Diamond 2008). Pela primeira vez desde o início da década passada, a taxa de expansão democrática no mundo se desacelerou e mesmo regrediu. Algumas das razões alegadas são a desilusão com o atual modelo democrático-liberal que, apesar de todos os seus benefícios, limita a participação popular. A bandeira da participação democrática tem sido empunhada por movimentos sociais, acadêmicos de diferentes disciplinas, e tem também aparecido na produção cultural. Levando em conta essa tendência e aplicando a noção de democracia a diferentes esferas, a conferência da APSA propõe discutir o papel que a cultura desempenha ao trazer à tona possíveis crises do modelo democrático, discutindo ainda como a cultura participa da crítica à democracia liberal e como pode fortalecer e/ou expandir a própria democracia. Serão aceitos painéis e propostas individuais em humanidades, artes, bem como pesquisa qualitativa em ciências sociais (incluindo linguagem, linguística, literatura, cinema, música popular, mídia, história, antropologia), que abranjam as seguintes questões, sem necessariamente limitar-se a elas: quais são as diferentes experiências democráticas no mundo lusófono e como a cultura retrata esses diversos experimentos? Quais os sentidos da democracia no plano cultural e como esses sentidos se modificam? O que significa uma cultura democrática? Como pode a cultura ser democratizada? Qual o nexo entre modelos democráticos políticos e culturais? Como pode a cultura propor modelos democráticos alternativos à democracia liberal? Que discursos democráticos se alternam e se destacam na produção cultural do mundo lusófono?

Os/As palestrantes plenários/as confirmados/as incluem: Alexandra Lucas Coelho (escritora e jornalista portuguesa), Luiz Ruffato (escritor e jornalista brasileiro) e Sidney Chalhoub (historiador brasileiro, Harvard University).

As apresentações podem ser em português ou inglês, tendo como foco o Brasil, Portugal, África e Ásia lusófonas, e/ou suas diásporas. Comunicações e mesas em estudos comparados são bem-vindas, seja incluindo diferentes culturas lusófonas, outros blocos linguísticos (espanhol, crioulos de base lexical portuguesa, inglês, francês), outras regiões do globo, bem como diferentes períodos históricos.

Por favor submeter propostas de comunicações individuais ou de mesas de até 3-4 comunicações ao seguinte link. Resumos para cada comunicação devem ter um máximo de 250 palavras: http://apsa.us/conference-2018/submit-proposal-apsa-2018/.

Datas Importantes

1 de fevereiro de 2018: Propostas de comunicações e mesas
15 de abril de 2018: Resultados anunciados 


American Portuguese Studies Association 11th International Conference

Hosted by the University of Michigan, 18–20 October 2018

http://apsa.us/apsa-international-conference-2018/

Conference Theme

“Democracy in Question: What Does and What Can Culture Accomplish?”

In recent years, scholars and pundits have begun talking about a “democratic recession” (Diamond 2008). For the first time since the early 2000s, the rate of democratic expansion worldwide has slowed and even receded. Some of the reasons suggested for this recession have been a disillusionment with the prevailing liberal democratic model that, for all its benefits, limits popular participation. The banner of participatory democracy has been hoisted by social movements, by scholars from different disciplines and has also made an appearance in cultural production. Taking into account this trend and applying the concept of democracy to various spheres, this conference proposes to look into what role culture plays in broaching possible crises of the democratic model, how culture participates in the critique of liberal democracy and how culture can strengthen and/or expand democracy. We invite panel and paper proposals in the humanities, qualitative social sciences, and the arts (including language, linguistics, literature, film, popular music, media, history, anthropology) that broach but are not limited to some of the following questions: What are the different democratic experiences in the Lusophone world and how does culture portray these diverse experiences? What are the meanings of democracy in the cultural realm and how have these meanings changed? What does democratic culture mean? How can culture be democratized? What is the nexus between political and cultural democratic models? How can culture propose alternative democratic models to liberal democracy? Which alternate democratic discourses are featured in cultural production from the Lusophone world?

Confirmed keynote speakers will include:   Alexandra Lucas Coelho (Portuguese writer), Luiz Ruffato (Brazilian writer), and Sidney Chalhoub (Brazilian historian, Harvard University)

Papers/panel sessions can be in Portuguese or English focusing on Brazil, Portugal, Lusophone Africa and/or Asia. Comparative papers/panel sessions are welcome, whether across Portuguese-speaking cultures, and/or including other linguistic blocs (Hispanic, Creolophone, Anglophone, Francophone), or across other world regions, as well as historical periods.

Please submit proposal for individual papers or completed panels of 3-4 papers at the following link. Abstracts for each paper should be no more than 250 words: http://apsa.us/conference-2018/submit-proposal-apsa-2018/

Important dates

1 February 2018: Proposals for papers/panel sessions due by 1 February 2018.
15 April 2018: Announcement of acceptances

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas