Terça-feira, 09 de Agosto de 2022
Publicações

POLITEIA - Edição Preprint Collection - Disponibilização de 3 novos títulos científicos [ICPOL]

Início: Fim: Países: Portugal

Ciências Policiais

POLITEIA – Revista Portuguesa de Ciências Policiais (ISSN 2184-9617) 

A atividade criadora e a produção científica de muitas unidades de I&D, nacionais e estrangeiras, tem impulsionado a publicação de artigos científicos, como demonstração emergente dos progressos alcançados na compreensão dos fenómenos apreciados. Fomentando o intercâmbio científico e o avanço do conhecimento, muitas revistas científicas aperfeiçoaram as suas praxis de revisão por pares e abreviaram o processo convencional atinente à publicação de artigos científicos, disponibilizando, em acesso livre e imediato, os textos produzidos na fase de pré-publicação.

Ante os amplos benefícios decursivos da expedita disponibilização de resultados científicos para a toda a ciência e perfilhando o modelo da ciência aberta (open science e on-line first), a direção da revista POLITEIA instituiu um mecanismo de pré-publicação dos artigos aceites para publicação no ambiente seu repositório em linha (https://politeia-online.pt/edition/politeia-preprints/). Uma vez recebidos, sujeitos a revisão (processo de double blind peer review) e aceites para publicação, os textos em pré-publicação serão disponibilizados, integralmente e com atribuição de DOI (Digital Object Identifier), no campo dedicado às pré-publicações, enquanto aguardam inclusão no número da POLITEIA em que serão definitivamente publicados.

Nesta fase inaugural, apresentamos-vos três artigos inéditos, em língua inglesa:

  1. 5G in Public Safety Networks: Opportunities and Challenges

Palavras Chave: 5G Public Safety Networks Terminals Services Opportunities

Resumo: Este documento aborda as possibilidades abertas pela 5G na área das Redes de Segurança Pública, ou seja, nas redes de comunicação destinadas às autoridades, polícia, proteção civil, bombeiros, infraestruturas críticas, e a todos os envolvidos em atividades de emergência e segurança. É apresentada a evolução dos terminais e serviços, até aos novos elementos de desgaste; os serviços associados são também abordados, até às realidades aumentadas e virtuais, biométricas e monitorização de sinais vitais do corpo, bem como uma melhor precisão de localização. Os aspetos técnicos são abordados numa perspetiva geral, nomeadamente a métrica de implementação de serviços-chave (taxas de dados, latência, fiabilidade e capacidade de conectividade), interface rádio (maior flexibilidade e eficiência dos 4G) e características de rede (virtualização/slicing de redes e arquiteturas de nuvem/edge). As oportunidades e desafios na implementação de 5G especificamente para Redes de Segurança Pública são muitos, os primeiros englobando a utilização de redes comerciais e o salto das atuais redes baseadas em 2G para as 5G, enquanto os segundos incluem escassez de espectro, implementação das características necessárias e problemas de segurança. Ainda assim, as possibilidades que são abertas por 5G para as Redes de Segurança Pública são infinitas e ninguém pode dar-se ao luxo de ficar de fora.

Autoria: Luis M. Correia

  1. 5G & Cybersecurity

Palavras Chave: 5G Cybersecurity New Radio

Resumo: As comunicações 5G estão previstas para alterar o ambiente de comunicação num futuro próximo. A interação entre equipamentos com escassa ou mesmo nenhuma interferência humana introduzirá novas vulnerabilidades de segurança, algumas das quais não estão, muito provavelmente, sequer previstas neste momento. Tendo isso em mente, o projeto 3GPP está a tentar pôr em prática várias normas para que os utilizadores possam sentir-se mais confiantes quanto à privacidade dos seus dados.

Autoria: Joaquim M. da Cunha Viana

  1. Technological Policing: Big data vs real data

Palavras Chave: Big Data Law Enforcement Legitimacy Real Data TechPol

Resumo: Big Data assume um papel preponderante na intervenção nas mais diversas áreas, à qual não é alheia a área policial. O presente artigo teórico procura de abrir caminhos para a compreensão do fenómeno Big Data na intervenção policial a nível micro e macro, enquanto ferramenta inserida na tecnologia policial. Por outro lado, apresentar o conceito agregado à data real, e o seu distanciamento na intervenção policial. A metodologia utilizada para o efeito foi a de análise bibliográfica, em que se apresentar critérios de inclusão e exclusão, por forma, a consolidar a análise em questão. Na perspetiva dos autores salienta-se que enquanto instrumento da tecnologia policial, Big Data providencia a informação necessária, em termos de volume e quantidade, tendo em conta, os diferentes níveis de intervenção policial, e é um recurso que incrementa a sua eficiência na manutenção da ordem pública.

Autoria: Sónia M. A. Morgado e Sérgio Felgueiras

Alfim, relembramos que a POLITEIA online é um repositório de acesso aberto à Revista Portuguesa de Ciências Policiais, responsabilidade do Centro de Investigação do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna, financiado por Fundos Nacionais, através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do Financiamento Plurianual com a Ref.ª: FCT I.P.: UIDP/04915/2020 e UIDB/04915/2020.

Boas leituras!

Ad Orbem Per Scientia

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas