Segunda-feira, 17 de Maio de 2021
Publicações

FCBR: lançamento do livro Criações Compartilhadas

Início: Fim: Países: Brasil

Livros, Lançamentos, Ciências Humanas e Sociais

No próximo dia 9 de dezembro, terça-feira, a partir das 17 horas, serão lançados na Fundação Casa de Rui Barbosa os livros Agostini: obra, paixão e arte do italiano que desenhou o Brasil (1843-1910) e Criações compartilhadas - artes, literatura e ciências sociais.
 
Agostini: obra, paixão e arte do italiano que desenhou o Brasil (1843-1910)
Organização: Isabel Lustosa | Coleção FCRB Estudos | 409 páginas
 
Reunindo textos de 18 especialistas na vida, na obra e no tempo de Angelo Agostini, este livro, organizado por Isabel Lustosa, procura abarcar os temas mais importantes associados ao maior caricaturista do Brasil no século XIX. Angelo Agostini foi também editor de jornais e revistas, ativista político e personalidade notável da vida cultural brasileira do século XIX. Seu estilo característico influiu diretamente sobre a maneira que se fez caricatura no Brasil de seu tempo.
A Guerra do Paraguai, a Questão Religiosa e a campanha pela Abolição dos escravos aqui se incluem como temas obrigatórios pois sobre eles Agostini produziu um conjunto considerável de imagens. A caricatura que se fixou de D. Pedro II deve muito ao traço desse artista cuja trajetória se confunde com a do Segundo Reinado. O livro também traz contribuição relevante para identificar o ambiente em que viveu Angelo Agostini, situando-o no contexto da imprensa ilustrada de seu tempo. Cabem ainda nessa obra estudos sobre o grande empreendimento jornalístico que foi a “Revista Ilustrada", criada e editada por Agostini; os processos gráficos de que o artista se valia e como esses eram adequados à sua arte; como também a tão evidente relação de algumas imagens da “Revista Ilustrada” com a fotografia. Constam ainda artigos sobre Agostini como artista plástico e como precursor das modernas histórias em quadrinhos e aspectos biográficos como suas origens familiares e o impacto que sobre sua vida teve a ligação com Abigail de Andrade, bem como o penoso e obscuro período em que viveu em Paris.
 
Criações compartilhadas - artes, literatura e ciências sociais
Faperj e Mauad X editora | 272 páginas |
 
O livro é fruto de um seminário realizado em novembro de 2012, na Fundação Casa de Rui Barbosa, como resultado de um esforço interinstitucional e multidisciplinar do qual participaram, como coordenadores, as professoras e pesquisadoras Monica Pimenta Velloso e Joëlle Rouchou (FCRB), Cláudia de Oliveira (UFRJ) e Ana Paula Cavalcanti Simioni (IEB-USP).
 
O seminário teve como ponto de partida promover a reflexão e o debate acerca da noção de autoria, tradicionalmente vista como produto do trabalho de um indivíduo singular, ao qual se atribuem qualidades inatas como a genialidade e a originalidade. A fim de problematizar tal perspectiva, foram convidados pesquisadores nacionais e estrangeiros para apresentarem pesquisas nas quais se procurasse privilegiar o processo criativo em sua dimensão relacional e colaborativa. O desafio proposto foi o de discutir, identificar, reconhecer e tornar visíveis quanto as obras artísticas e intelectuais podem ser vistas como produtos de processos que envolvem divisão de trabalho, parcerias, colaborações, conflitos e trocas entre distintos agentes. O livro que o leitor tem em mãos é resultado desse fórum de discussões.
 
Eduardo Cruz|suplementocultural.blogspot.com

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas