Sexta-feira, 25 de Junho de 2021
Publicações

Chamada da Revista Líbero: “Cinema, vídeo e transmissão multimídia na internet”

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Artes visuais, Chamada para artigos, Ciências da Comunicação, Cinema, Media

A edição nº 47 (jan./abr. 2021) da Revista Líbero, uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da Faculdade Cásper Líbero, está com chamada aberta, tanto para artigos de temas gerais da área, que podem ser submetidos em fluxo contínuo, quanto para o dossiê “Cinema, vídeo e transmissão multimídia na internet”, que tem como editores convidados Lara Lima Satler, Daniel Christino e Hugo Alexandre Dantas do Nascimento, da Universidade Federal de Goiás (UFG).
 
Dossiê “Cinema, vídeo e transmissão multimídia na internet”

“Cinema de garagem” é uma analogia criada por Marc Davis, em referência às bandas de punk rock estadunidenses que nasceram em garagens, subsolos e até dormitórios. O termo abarca um contexto de mudanças tecnológicas que facilitam a produção de vídeos e filmes independentes, bem como possibilita a produtores caseiros a criação de linguagens e performances originárias de um universo amador. Universo este que, por sua vez, não é aqui pensado no sentido pejorativo. Ao contrário, coaduna com o argumento do fotógrafo Ansel Adams de ser aquele que ama as imagens.  

As plataformas de compartilhamento de vídeo na Internet possibilitam ao amador, esse usuário doméstico, a construção de suas próprias operações de transmissão multimídia, o que Henry Jenkins afirma ter origem em práticas culturais dos zines, de publicações feministas, de comunidades de fãs de ficção científica e dos impulsos do Do It Yourself, DIY (Faça Você Mesmo), do século XX. Jenkins chama este movimento de “convergência”, na tentativa de diluir as fronteiras institucionalizadas pelos modelos de negócios e caracterizar um fluxo criativo e livre no qual os consumidores se apropriam dos temas e das ferramentas destes objetos culturais para articular conteúdos e mensagens próprias.  

Neste sentido, as práticas do ativismo em vídeo e as ações por meio de jornais e HQs underground seriam, em termos barberianos, as Matrizes Culturais de uma participação em mídias amadoras como o YouTube, por exemplo. Como podemos entender a relevância e o impacto da apropriação da linguagem e das técnicas de produção para os campos institucionais das narrativas audiovisuais, como a indústria do cinema ou TV? Assim, a presente edição da Revista Líbero abre espaço para trabalhos que investiguem a relação entre as tecnologias digitais, o cinema e o vídeo, abordando diversas questões como: a forma como as plataformas de streaming na Internet têm contribuído para a emergência de conteúdos audiovisuais; o modo como os canais de mídias de massa dialogam, apresentam ou até se apropriam de produções caseiras; e a percepção dos realizadores, dos cineastas e das produtoras independentes acerca do produto audiovisual amador.
 
Data limite para submissão: 23 de março de 2021

Link para normas: http://seer.casperlibero.edu.br/index.php/libero/about/submissions#authorGuidelines

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas