Domingo, 02 de Outubro de 2022
Publicações

Chamada da Revista Abusões: As escritoras latino-americanas e o Insólito Ficcional

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para artigos, Letras, Literatura, Mulheres

Chamada para publicação da Revista Abusões

Dossiê: As escritoras latino-americanas e o Insólito Ficcional

 

Editores:
Ana Lúcia Trevisan (UPM)
Daniele Aparecida Pereira Zaratin (UPM)
Rodrigo de Freitas Faqueri (IFSP)

 

Submissões até 4 de novembro de 2022

A literatura latino-americana conta com uma pluralidade de escritoras dedicadas a construir universos ficcionais que trazem no seu bojo as distintas vertentes do insólito ficcional como uma forma de ampliar perspectivas sobre não apenas o fazer literário, mas sobre a realidade.

No século XX, nomes como os de Amparo Dávila e Elena Garro, de Maria Luisa Bombal, Silvina O’Campo e até mesmo de Lygia Fagundes Telles e Clarice Lispector se destacam nesse sentido. Isabel Allende, Laura Esquivel, Augusta Faro ganham força a partir de 1980 e mais recentemente há um fortalecimento das narrativas do insólito escritas por mulheres. Nomes como os de Mariana Enríquez, Samanta Schweblin, María Fernanda Ampuero, Solange Pappe, Fernanda Melchor, Pilar Quintana e tantas outras confirmam que o insólito ficcional se configura como um modo discursivo dinâmico, atual e questionador, contribuindo para o fortalecimento de um universo multifacetado e carregado de significados.

Apesar disso, nem sempre essa literatura teve seu devido reconhecimento por instâncias da recepção crítica, sobretudo a produzida nos séculos anteriores, o que reforça a relevância desse dossiê, que se propõe a destacar a construção desse universo insólito. A trajetória e escrita de Júlia Lopes de Almeida, por exemplo, reforçam essa ideia e merecem reconhecimento na jornada de remodelação do cânone.

Refletindo sobre essas presenças, e também ausências, pretende-se reunir textos que busquem lançar luz sobre a escrita de autoras latino-americanas que dialogam com as diferentes manifestações do Insólito Ficcional, a fim de ampliar e sedimentar os estudos sobre as muitas formas de permanência desse macro-gênero em suas obras.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas