Terça-feira, 22 de Junho de 2021
Publicações

Cadernos do Arquivo Municipal: "Artes de Educar: Emergência e Edificação do Paradigma Escolar Moderno""

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Portugal

Arquitetura, Arquivos, Chamada para artigos, Educação, Pedagogia

Encontra-se aberto o período de receção de propostas de artigos para o Nº 18 da revista científica Cadernos do Arquivo Municipal, sob o tema Artes de Educar: Emergência e Edificação do Paradigma Escolar Moderno (Meados do Século XVIII - Primeiro Quartel do Século XX), com coordenação científica de Jorge Ramos do Ó (IE-ULisboa) e Carlota Boto (FE-USP). O prazo final para a entrega de propostas é o 31 de dezembro de 2021.

 
Este número visa mapear, identificando-os na sua própria proveniência histórica, um conjunto amplo de instituições públicas, experiências pioneiras e discursos pedagógicos inovadores que estiveram na génese e consolidação de uma intenção educativa explícita a partir da Era Moderna e que, no caso português e a partir do Estado, se desenvolve com a expulsão dos jesuítas e sob o efeito do grande terramoto de Lisboa, cujo impacto foi amplamente visível em todo o Ocidente.
 
Trata-se, por um lado, de tornar presentes vários diagnósticos, instrumentos e soluções que tornaram o ensino um domínio secular, tutelado, coordenado e regulado pelos governos nacionais. O modelo escolar moderno impôs a estandardização e a unificação de programas, de métodos e de atividades de ensino através de instituições que passaram a funcionar pela primeira vez em rede desde o ensino das primeiras letras. Devolve-nos a presença de uma oferta educativa diversificada, mas sempre estruturada por graus e níveis e cujos planos curriculares se foram abrindo paulatinamente a disciplinas e conteúdos os mais diversificados. Caminhar-se-ia da instrução para a educação.
 
Trata-se, por outro lado, de reconhecer que o novo campo educativo se tornou crescentemente permeável à presença de experts os mais variados. Estes fizeram da educação e da pedagogia um território privilegiado de análise e intervenção, tendente a delimitar e a normalizar uma nova categoria social, a do sujeito escolar. Por esta via, e em nome da educação integral do aluno, se legitimou um investimento disciplinar sem precedentes, incidindo simultaneamente sobre a inteligência, o corpo e a sensibilidade individual. A produção de um tipo de cidadão ativo, empreendedor e autodisciplinado, exigia que os conhecimentos, os comportamentos e os próprios desejos dos alunos se tornassem não apenas compatíveis entre si quanto, sobretudo, altamente alinhados com os interesses do Estado Moderno.
 
Procura-se, com esta edição dos Cadernos do Arquivo Municipal e a partir de investigações específicas, contribuir para a inteligibilidade de toda uma operação civilizacional que foi articulando, de modo crescentemente eficaz e substantivo, as esferas do poder com as do saber.
 
Linhas temáticas:
  • Primeiras reformas de estatização do ensino;
  • Reforma e integração unificada dos regimes e métodos de ensino;
  • Aparição de aulas de primeiras letras, liceus, conservatórios, colégios e universidades;
  • Teorias da arte de educar e ciência pedagógica. A expertise médico-psicopedagógica;
  • Esfera familiar e esfera escolar. Escolaridade obrigatória. A transformação da criança em escolar. Educação integral;
  • Nas margens - a educação da mulher, a educação nobre, a reeducação da criança perigosa;
  • Novos edifícios, mobiliários e equipamentos escolares. Arquitetura, higiene pedagogia e poder;
  • Novos territórios. Ensino das artes. Ensino Infantil;
  • Cultura escolar e nacionalização da herança patrimonial.
 
Data limite de entrega: 31 de dezembro de 2021
 
Os artigos serão sujeitos a dupla revisão científica, em regime de anonimato, por elementos de uma comissão externa de avaliadores. A reprodução dos documentos do Arquivo Municipal de Lisboa necessários à elaboração dos artigos será facultada gratuitamente.
 
Para mais informações, contactar am.cadernos@cm-lisboa.pt
 

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas