Segunda-feira, 17 de Maio de 2021
Congressos

Transcultural Amnesia: Mapping Displaced Memories

Início: Fim: Países: Portugal

Ciências Humanas, Chamada para trabalhos

Apesar da longa história evidente de cruzamentos culturais e inseminações, as culturas continuam a ser entendidas generalmente não como fenómenos móveis ou globais, mas como estáticos e locais. Isso mostra, como Greenblatt afirma em seu manifesto, que "um dos poderes característicos de uma cultura é a sua capacidade de esconder a mobilidade que é a sua condição de possibilidade."
 
Transcultural Amnesia: Mapping Displaced Memories
Chamada para Trabalhos | Conferência Internacional
16 a 18 de abril de 2015
Universidade do Minho | CEHUM

 
Esta conferência irá analisar, em particular, estas áreas de esquecimento involuntário ou premeditado, as estratégias e mecanismos de camuflagem ou obliteração de marcas e memórias relacionadas com a mobilidade transcultural. Tem como objetivo uma abordagem baseada em perspectivas diversas que reúna, pelo menos, duas das áreas de estudo ou reflexão comuns nas últimas décadas: os estudos sobre as mais diversas formas de mobilidade cultural: migração, exílio ou turismo; por um lado, e os estudos sobre os processos inerentes à construção da memória cultural ou coletiva de uma nação ou região geográfica, por outro.
 
O principal objetivo da conferência é contribuir para o mapeamento, sempre que possível a nível global, dos lugares da memória marcados por seres humanos que, forçada ou voluntariamente, em diferentes períodos históricos e em diversos contextos políticos, sociais e económicos; cruzaram fronteiras, mas cujas experiências raramente são lembradas e muito menos comemoradas por culturas locais.
 
A conferência convida para trabalhos sobre os seguintes tópicos de reflexão e discussão:
 


  • Teoria da memória cultural em contextos transculturais;


  • Análise de políticas e discursos da memória relacionados com a migração;


  • Apresentação de exemplos de visões de memórias deslocadas (por exemplo os locais de trânsito de refugiados de regimes repressivos e discriminatórios de caráter político, social ou racial);


  • Representações culturais e artefatos do migrante e do exilado (na literatura, artes, cinema, fotografia, etc);


  • Locais de memórias/memórias dos lugares em narrativas (auto)biográficas da migração ou exílio;


  • Amnésia/Memória Transcultural e género;


  • Amnésia/Memória Transcultural e (pós)colonialismo.



 
Inscrição
 
Submissão de resumos: 31 de outubro de 2014
Notificação dos trabalhos selecionados: 30 de novembro de 2014
 
As inscrições deverão incluir o nome do apresentador, endereço institucional, endereço de e-mail, CV breve, o idioma a ser usado para a apresentação, e um resumo de 250 palavras (em inglês) da proposta. A submissão de resumos deve ser feita via e-mail para: transculturalamnesia@gmail.com, até 31 de outubro de 2014. Todas as perguntas e dúvidas podem ser direcionadas para este mesmo endereço.
 
Embora os trabalhos possam ser apresentados em inglês, português, francês, espanhol ou alemão; os resumos e currículos devem ser enviados em inglês. Quando as apresentações não forem feitas em inglês, deverão ser acompanhadas de uma apresentação (PowerPoint) em inglês.
 
Está prevista a publicação de uma seleção dos trabalhos aceites.
 
Organização
 
NETCult - Grupo de Pesquisa em Estudos Transculturais do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (CEHUM) [http://ceh.ilch.uminho.pt/e_netcult.php]
E-mail: transculturalamnesia@gmail.com
Coord.: Mário Matos (matos@ilch.uminho.pt)
 
«Transcultural Amnesia: Mapping Displaced Memories»
| «Amnésia Transcultural. Para uma Cartografia de Memórias Deslocalizadas»

Imagem de Alfred Opitz (1943-2014), "Cross over", Série "Migranten"

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas