Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024
Congressos

Territórios Inquietantes: O Medo na Literatura e nas Artes. 2.º Seminário Internacional Literatura e Emoções

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Portugal

Chamada para trabalhos, Literatura, Literatura Infantil e Juvenil

Data: 15 de Abril 2024 - Medo na Literatura Infantil | 16 de Abril 2024 - Medo na Literatura e nas Artes
Local: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Online
Keynote Speaker: Joanna Bourke (Birkbeck, University of London)

No vasto espectro da constelação emocional, e instituindo-se como uma das emoções basilares da condição humana de acordo com a taxonomia proposta por William James, o medo manifesta-se, pela palavra ou pelo silêncio, de forma transparente ou camuflada, através de reações e fobias invariavelmente reveladoras de uma alma inquieta e perturbada. Do ponto de vista cultural, a sua incursão por territórios artísticos diferenciados, da literatura ao cinema e outras artes, consubstancia-se em múltiplas representações diegéticas e visuais que enfatizam e problematizam a sua natureza polimórfica, e onde se projectam os receios que, consciente ou inconscientemente, assombram as paisagens do Ser e do Sentir. Noutra perspectiva, o medo assume igualmente uma dimensão positiva para a condição humana, pois, tal como defende Hannah Arendt, “é uma emoção indispensável à sobrevivência; [...] indica perigo e sem esse sentido de advertência nenhuma coisa viva poderia durar muito tempo” (1977). Desta forma, o medo pode accionar mecanismos de coragem e desencadear actos de bravura que ultrapassam os limites associados à existência de um ser frágil e vulnerável. Este Seminário, inserido no projeto Estética da Memória e das Emoções, do Centro de Estudos Comparatistas, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, pretende revisitar esses territórios geradores e reconstrutores de inquietude, questionando, através de procedimentos de leitura diferenciados, suas representações ficcionais, diegéticas, discursivas e estético-literárias; pretende igualmente encontrar, intratextualmente ou no diálogo interartes, estratégias de (des)construção do medo no universo da estética das emoções.

As propostas (até 300 palavras) para comunicações de 20 minutos e as notas biográficas (até 150 palavras) dos respectivos autores deverão ser enviadas até ao dia 10 de Janeiro de 2024 para o email: labirintosdomalflul@gmail.com.
Línguas de trabalho: Português e Inglês;
Taxa de inscrição 80€ (estão isentos participantes online, convidados e estudantes).

Eixos Temáticos (entre outros):

  • Medo e conflito;
  • Medo e poder;
  • O sobrenatural e/ou a morte;
  • Medo da ou inspirado pela tecnologia;
  • Medo e identidade;
  • Medo e terror;
  • Medo e distopia na ficção científica;
  • Cobardes e sobreviventes;
  • Medo e a criação/medo como fonte de criação ou inspiração;
  • Técnicas narrativas na criação do medo;
  • Representações do medo na História da Literatura;
  • O medo na Literatura tradicional: versões, adaptações e reescrita dos contos de fadas;
  • (Des)construção do medo na literatura infantil e juvenil contemporânea.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas