Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022
Congressos

Colóquio Internacional Away from Home

Início: Fim: Países: Portugal

Ciências Humanas, Filosofia, Literatura

Colóquio Internacional | 20-21 jun. '22 | 09h30-19h00 | Auditório | Entrada livre

 

A “saudade” é um sentimento e uma ideia partilhados pelas sociedades do Mediterrâneo e sentidos por indivíduos e comunidades – seja temporária ou permanentemente – em particular numa geografia marcada pela deslocação voluntária e involuntária de pessoas, através de fronteiras políticas, culturais e religiosas, desde a Antiguidade até aos nossos dias.

Estar longe de casa desencadeia uma vasta gama de situações e de sentimentos, como a nostalgia manifestada nas narrativas, na arte, nos padrões de consumo, etc.; ou a tentativa de manter uma identidade perante um conjunto de valores diferentes no lugar onde se vive como exilado ou expatriado, nomeadamente através do esforço de construir um lar longe de casa, e de continuar o contacto com a casa ancestral, trocando correspondência, presentes, etc.

É intenção deste colóquio verificar e entender porque é que, apesar da globalização, do cosmopolitismo, da crescente circulação de pessoas (como viajantes, comerciantes, peregrinos, estudantes, cientistas, turistas) e da troca de ideias entre pessoas de diversas nações, culturas e religiões, o indivíduo e as comunidades ainda mantém uma relação “em rede” com o lar, em imagem e discurso, real ou construído, ao longo do tempo.

Assim, este Colóquio tem como objetivos: considerar a “saudade” numa perspetiva comparativa e de longo prazo; e investigar as expressões de “saudade” nas suas dimensões materiais, literárias e imateriais, de forma a entender a densidade da sua diversidade.

PIMo: People in Motion: Entangled Histories of Displacement across the Mediterranean (1492-1923)

Trata-se de uma Ação Cost, com a duração de quatro anos (2019-2023) que envolve investigadores de diversas áreas (ciências sociais e humanas, matemática, biologia, ciências biocomportamentais, etc.) e de 35 países.

O projeto analisa as formas comuns de deslocamento e expropriação de indivíduos e comunidades em todo o Mediterrâneo, do século XV até ao presente. Procurando traçar as semelhanças – e as diferenças significativas – da experiência e representação do movimento humano, a investigação procura entender os motivos emocionais e o significado da deslocação para indivíduos e comunidades durante o período que vai da expulsão dos judeus de Espanha até ao Tratado de Lausanne.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas