Sábado, 29 de Abril de 2017

Um projeto de

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Publicações

Revista Abril seleciona artigos sobre Metamorfoses da narrativa contemporânea

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Língua, Literatura, Chamada para trabalhos, Estudos Africanos, Estudos Comparatistas, Estudos Luso-Afro-Brasileiros, Letras

A revista Abril (ISSN: 1984-2090) , periódico do Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana da Universidade Federal Fluminense (NEPA - UFF) seleciona artigos com o tema Metamorfoses da narrativa contemporânea. O prazo para submissão é o 31 de maio de 2017.

A Revista Abril (ISSN: 1984-2090) é um veículo de divulgação nacional e internacional de estudos, resenhas, sobre obras literárias produzidas em Portugal e nos países africanos de língua portuguesa (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe), de forma específica ou em abordagens comparatistas.

Chamada para a revista Abril Nepa número 19: Metamorfoses da narrativa contemporânea

Organização: Maria Lúcia Wiltshire de Oliveira (UFF) e Claudia Amorim(UERJ)

Desde o seu nascimento, o romance é um gênero em permanente mutação. Se por um lado cristalizou-se a concepção pretensamente natural segundo o modelo romântico/realista oitocentista, por outro e ao mesmo tempo, As viagens na minha terra, de Almeida Garrett, diluíram, na origem, a rigidez do gênero nas literaturas de língua portuguesa. O prosseguimento deste processo ao longo do século XX envolveu casos singulares, como a prosa de Raul Brandão, a experiência surrealista, o nouveau roman e ainda as práticas romanescas de poetas, como Carlos de Oliveira e Herberto Helder.

Após o boom das narrativas de fundo histórico ou das metaficções historiográficas da década de 1980, o romance contemporâneo insiste na quebra de paradigmas consagrados, abrindo-se ao fragmentário, ao inverossímil, às interrupções sintáticas e lexicais de todo tipo, problematizando as categorias de tempo, espaço e personagem, borrando as fronteiras entre gêneros, experimentando a hibridização de formas, enfrentando os dilemas imagéticos entre ficção e realidade sobretudo em narrativas do eu, tais como biografias, autobiografias, autoficção, diários etc.

Em torno desta problemática a Ementa 19 da Revista Abril pretende reunir reflexões sobre narrativas/romances caracterizados por alguma “estranheza irredutível” ou de metamorfoses felizes, na opinião de Silvina Rodrigues Lopes. Serão aceitos artigos e resenhas no âmbito das literaturas portuguesa e africanas de língua oficial portuguesa, incluindo leituras comparadas.

Mais informações na página da revista Abril Nepa.

 

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas

Locations of visitors to this page