Sábado, 19 de Agosto de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Publicações

O cinema e o documentário nos países africanos de língua oficial portuguesa

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe

Chamada para artigos, Cinema, Estudos Africanos

A revista Mulemba (ISSN 2176-381X, Qualis A2) tem chamada para artigos aberta para seu número 15.2 com o tema O cinema e o documentário nos países africanos de língua oficial portuguesa. Mulemba é uma publicação semestral do Setor de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa da UFRJ que se encontra hospedada no portal de periódicos da Faculdade de Letras da UFRJ.Os investigadores interessados têm até 15 de agosto de 2017 para enviar os trabalhos.

Ementa

O cinema, considerado “a sétima arte”, constitui um modo de pensamento que opera com palavras, imagens, sons, cores, luzes, movimentos, tempos, espaços, afetos. E, na medida em que pode gerar reflexões críticas, questionamentos, se encontra em íntima correlação com a História, a Filosofia, a Antropologia, a Sociologia, a Literatura e outros campos do saber científico e artístico.  A proposta deste número da Revista Mulemba é efetuar uma discussão intertextual de filmes e documentários produzidos nos países africanos de língua oficial portuguesa com a literatura, a história e/ou  outras artes e ciências. Pretende, também, apontar algumas das principais tendências cinematográficas existentes em Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, cujas produções, vistas ainda, injustamente, sob o ângulo da desqualificação institucionalizada, continuam sendo pouco divulgadas fora e até mesmo dentro dos respectivos países.

Organizadoras:

Dra. Ana Mafalda Leite – Univ. de Lisboa
Dra. Carmen Lucia Tindó Secco – UFRJ
Dra. Maria Geralda de Miranda - UNISUAM

Mais informações na página da revista Mulemba.

 

 

 

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas