Sexta-feira, 28 de Abril de 2017

Um projeto de

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Publicações

Dossiê Economia Política da Comunicação e Estudos Culturais na América Latina

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela

Ciências Sociais, Chamada para artigos, Comunicação, Estudos Culturais, Política, Estudos Latino-Americanos

A União Latina da Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (ULEPICC) seleciona trabalhos para um dossiê que tem como tema “Economia Política da Comunicação e Estudos Culturais na América Latina”, parte da coleção “Cultural Studies and Marxism”. O volume coletivo será publicado na Editora Rowman & Littlefield e terá como organizadores Francisco Sierra Caballero e Carlos Del Valle Rojas. Os investigadores interessados podem enviar resumos em inglês até 1º de maio.

A série de estudos culturais e marxismo é uma contribuição oportuna e valiosa ao campo mais amplo dos estudos culturais contemporâneos. A crise capitalista global do século XXI tem suscitado um renovado interesse pela economia política crítica e pela teoria marxista. Ao mesmo tempo, as instituições editoriais comprometidas com uma articulação entre os estudos culturais, a economia política e o marxismo são quase inexistentes. A convocatória assume esta situação e gera precisamente um espaço para lograr a interseção destes três campos.

O objetivo da série é publicar importantes contribuições teóricas, assim como empíricas e históricas como base de um vigoroso debate intelectual e um intercâmbio entre investigadoras/es dos estudos culturais e críticos. Está-se convencido que este projeto será uma importante contribuição à revitalização e renovação do projeto intelectual comprometido politicamente dos estudos culturais. Esta série também pretende ser um aporte à produção de conhecimento útil, que nos permita mudar o mundo social no qual vivemos e fazê-lo mais humano.

A série será revisada por pares e publicará trabalhos originais. O propósito é incluir uma ampla gama de vozes, práticas, formatos, enfoques, posições e interesses da tradição crítica latino-americana em Economia Política da Comunicação e Estudos Culturais.

Eixo temático

O redescobrimento do próprio, como empoderamento do pensamento e da realidade latino-americana, traduz-se a partir da obra de autores como Luis Ramiro Beltrán na emergência de uma nova Comunicologia, na reivindicação da diferença e, a tempo, no questionamento e antagonismo da norma e do pensamento dominante da modernização ocidental e da ciência neopositivista hegemônica no Norte. Assim, por exemplo, com o movimento NOMIC e, posteriormente, a defesa do Informe McBride, América Latina, com Luis Ramiro Beltrán à frente, lideraria o debate sobre o acesso à informação e a democratização da comunicação como componente fundamental dos Direitos Humanos, o que marcaria um ponto de inflexão nas agendas de investigação. A filosofia da práxis é a razão que haveria de animar o professor a converter-se no eixo de articulação da frente da NOMIC, como impulsor da Conferencia de San José de Costa Rica, e, para além, no advogado defensor do conceito sistemático e integral de Políticas Nacionais de Comunicação.

Neste empenho, os editores deste volume coletivo convocam à comunidade acadêmica a repensar o papel da comunicação e das culturas populares no novo cenário de crise global do capitalismo para difundir os avanços científicos em matéria de economia, política e estrutura da informação, e os Estudos Culturais que América Latina vem propiciando desde uma visão diferenciada e crítica da subalternidade ou periferia.

Fiel à sua tradição de rede de articulação de vontades e coordenação de esforços crítico-reflexivos sobre o campo da comunicação e da cultura, a convocatória desta chamada de trabalhos tem por objetivo, em suma, dar conta do pensamento mais avançado na matéria, a fim de formular uma crítica teórica fundamentada, assim como análises inovadoras sobre as emergências e alternativas democráticas de progresso que têm de ser pensadas geopoliticamente na região a partir de novas matrizes e ferramentas.

Mais informações na página da ULEPICC e através do e-mail franciscosierra@ulepicc.org.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas

Locations of visitors to this page