Sábado, 26 de Maio de 2018

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Publicações

Revista História Crítica | “Ciência, tecnologia, saberes locais e império no mundo atlântico, séculos XV-XVII”

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Colômbia

Chamada para artigos, Ciências Humanas e Sociais, História

Historia Crítica, publicação da Faculdade de Ciências Sociais da Universidad de los Andes (Bogotá, Colômbia), anuncia que receberá artigos para o dossiê “Ciência, tecnologia, saberes locais e império no mundo atlântico, séculos XV-XVII”. Editores convidados Mauricio Nieto Olarte (Universidad de los Andes, Colômbia) e Antonio Barrera Osorio (Colgate University, Estados Unidos). A recepção dos artigos será do dia 1° ao dia 30 de junho de 2018.

Ementa

Há várias décadas, as tradicionais narrativas do nascimento da Ciência moderna como um evento particular, muitas vezes associado com a ideia da “Revolução Científica”, que aconteceu na Europa ocidental do século XVII, têm sido questionadas e são cada vez menos convincentes. Embora já não se tente procurar uma nova data, um novo lugar ou novos pais para a “Ciência moderna”, a grande pergunta sobre a natureza do conhecimento científico e sua relação com as práticas científicas e técnicas locais, bem como seu papel na história global, continua sendo um desafio acadêmico de suma importância. Ainda que hoje os historiadores, sociólogos e filósofos da ciência pareçam ter-se liberado das restrições dessa tradicional ideia de “Revolução Científica”, as noções de modernidade e globalidade europeia continuam escondendo o papel que os grupos subalternos e o conhecimento local desempenham na emergência da Ciência moderna no contexto do mundo do Atlântico. Contudo, cada vez mais vemos trabalhos elaborados por acadêmicos na América do Sul, na América do Norte e na Europa que exploram encontros de saberes e práticas no contexto do mundo atlântico e seu papel na Ciência moderna.

Este dossiê convida a comunidade acadêmica a submeter artigos para propiciar o diálogo e a divulgação dessas novas perspectivas. Uma das frentes que parece oferecer uma visão muito mais rica e complexa da história da Ciência Atlântica é justamente o papel dos saberes locais do Atlântico e sua relação com as práticas científicas e técnicas associadas com os projetos imperiais e coloniais desde a modernidade precoce. Nesse sentido, este é um convite para apresentar trabalhos que questionem noções europeias de modernidade e globalidade por meio do estudo de casos históricos de outras modernidades; trabalhos que evidenciem a urgência de uma ciência de alcance global, fruto da interação entre culturas diversas.

Eixos temáticos

  • Ciência e política
  • Ciência e império
  • Ciência Ibérica
  • Saberes locais
  • Cartografia
  • História natural
  • Náutica
  • Cosmologia
  • Medicina
  • Subalternos
  • Ciência e tecnologia
  • Modernidades
  • Globalidade

A revista Historia Crítica tem como objetivo publicar artigos inéditos (em espanhol, inglês e português) de autores nacionais e internacionais que contribuam para o estudo da história e das ciências sociais e humanas para uma melhor compreensão dos contextos sociais, políticos, econômicos e culturais do passado e do presente. Nesse sentido, a Revista busca fortalecer a pesquisa histórica, a reflexão acadêmica e a elaboração de balanços historiográficos atualizados que permitam construir diálogos na comunidade acadêmica nacional e internacional. Trata-se de uma publicação trimestral (janeiro-março, abril-junho, julho-setembro e outubro-dezembro), que se publica no início de cada período mencionado. Criada em 1989 e financiada pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidad de Los Andes (Colômbia).

Mais informações no site da revista Historia Crítica.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas