Quinta-feira, 30 de Março de 2017

Um projeto de

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Publicações

Chamada de trabalhos Revista Lusófona de Estudos Culturais (RLEC)

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Portugal

Arte, Chamada para artigos, Comunicação, Sociologia, Media, Estudos Culturais

A Revista Lusófona de Estudos Culturais (RLEC - ISSN: 2183-0886) editada pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) da Universidade do Minho, seleciona artigos para sua edição V. 4, nº 1. O número terá como tema Fluxos e caminhos na cultura visual e será organizada por Moisés de Lemos Martins & Zara Pinto Coelho. O prazo máximo para o envio de resumos é o 28 de fevereiro de 2017. Os artigos podem ser escritos em português ou inglês.

Fluxos e caminhos na cultura visual

Ao longo dos últimos 10-15 anos, as práticas de produção de imagens (por exemplo, fotografar, filmar, editar, desenhar) têm sofrido múltiplas transformações relacionadas com o crescente diálogo entre tecnologias visuais digitais, plataformas de redes sociais, tais como Youtube, Instagram, Flickr, Snapacht, WhatsApp, vídeos/sites e aplicativos de partilha de imagens. Este diálogo  está a possibilitar o desenvolvimento de novas formas de visualidade e, consequentemente, de novas práticas, dentro e através de uma variedade de campos, on-line e off-line.

Neste volume, interrogamos criticamente a amplitude e a riqueza dessas mudanças, como estão incorporadas na sociedade e na vida do quotidiano, as suas implicações sociais, políticas e culturais e o seu impacto na redefinição contínua do funcionamento do visual e do seu lugar nas sociedades contemporâneas. Estamos especialmente interessados em explorar o potencial criativo e colaborativo dessas  “novas” formas de produção e de visualização de imagens, na cultura visual do quotidiano e em contextos institucionais, tais como a rua, museus, galerias de arte, educação, ciência, medicina, mídia e moda, e a sua importância como geradoras de possibilidades de novas identidades e relações sociais e de formas de participação.

 Possíveis tópicos de exploração incluem, mas não se limitam a:

  •  Formas e modos de funcionamento do ativismo visual em questões sociais e ambientais.
  •  Ativismo visual e as estruturas do mundo da arte.
  •  A política e a cultura das obras de arte de participação interativa.
  •  O trabalho das tecnologias de luz na produção de imagens.
  •  Práticas de arte de rua na cidade global de bits.
  •  Produção de imagens e formas visuais em redes, comunidades, culturas e projetos do tipo Do-It-Yourself (DIY).
  •  Envolvimento criativo com meios visuais digitais e produção e design de artefatos tangíveis.
  •  As possibilidades e limites de softwares e tecnologias digitais como ferramentas criativas visuais.
  •  Práticas fotográficas do quotidiano através de dispositivos digitais: escolhas, limites e performatividade.
  •  Histórias de vídeo digital e construções da identidade.
  •  A natureza multimodal da produção, design e comunicação de imagens digitais.
  •  O lugar do visual e de outras modalidades semióticas na manipulação e interpretação de arquivos visuais.
  •  O uso de tecnologias de imagem digital na apresentação/circulação do conhecimento científico e seus significados sociais e políticos.
  •  A vida social de imagens científicas.
  •  Práticas visuais e produtores de imagens no âmbito dos regimes da visibilidade e do design.
  •  Cross-Bordings e (des)continuidades
  •  As re-escritas da autoria e do espetador

Este volume da Revista Lusófona de Estudos Culturais aceita contribuições - artigos, ensaios visuais e obras de arte - de investigadores, profissionais e artistas que trabalhem em áreas como os Estudos Culturais e os Estudos dos média, Comunicação, Sociologia, Antropologia, Ciências Humanas, Educação, Artes, Museus e Arquivos e Tecnologia da Informação.

Mais informações na página da RLEC e através do e-mail rlec@ics.uminho.pt.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas

Locations of visitors to this page