Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Publicações

Chamada de artigos “Autoras latino-americanas traduzidas ao português”

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Literatura, Chamada para artigos, Tradução, Letras

A Revista Cadernos de Literatura em Tradução (ISSN: 2359-5388) da Universidade de São Paulo está recebendo contribuições inéditas — traduções* comentadas de poemas, contos, fragmentos de romance, história em quadrinhos; artigos, críticas, resenhas e entrevistas — de tradutores e pesquisadores de tradução para um número especial dedicado à tradução para o português brasileiro de literaturas escritas por autoras latino-americanas. Aceitamos trabalhos escritos em português que enfoquem obras traduzidas de qualquer língua-fonte da América Latina (espanhol, francês, crioulo, línguas indígenas etc.).

A história de publicações de literaturas e de traduções é construída numa evidente relação entre poder territorial, linguístico e, principalmente, editorial. A literatura latino-americana, de línguas outras que não o português, publicada no Brasil atingiu um considerável status após os anos 2000. Parte do prestígio é devido à publicação de resenhas nos cadernos de literatura presentes nos jornais brasileiros, um espaço de difusão de literaturas que também criava uma rede de diálogo entre resenhistas, editores, tradutores e leitores. Contudo, as literaturas apresentadas, ainda que oferecessem sim mostras do que era produzido por autores contemporâneos e contemporâneas – e aqui pontuamos a presença e desejos do e da resenhista – privilegiavam autores já consagrados, aniversários de vida e de morte, reafirmando cânones literários. Na atualidade, os espaços para abordar a literatura latino-americana na grande imprensa estreitaram-se, uma vez que esses mesmos cadernos vêm sendo extintos (Alves-Bezerra, 2017).

Diante desse contexto, pontuamos as revistas acadêmicas, como o Cadernos de Literatura em Tradução, como fundamentais para a manutenção e ampliação da difusão de literaturas e intercâmbios de conhecimento, traduções e pesquisas, principalmente, por não permitir que certos padrões literários sejam subjugados a interesses exclusivamente mercadológicos e de reafirmação de cânones. Já é tempo de ampliarmos ainda mais o espectro de narrativas, pontos de vista e discursos em circulação. Assim, a presença da literatura traduzida, em especial àquela escrita ou traduzida por mulheres, faz-se fundamental ao destacar outros olhares da e sobre a América Latina.

Este Número Especial, Autoras latino-americanas traduzidas ao português propõe (1) evidenciar o papel de tradutoras, tradutores, pesquisadoras e pesquisadores como agentes disseminadores de culturas não hegemônicas; (2) ser registro histórico feminista translocal (Alvarez, 2009) , evidenciando origens, raças/etnias, resistências, tendências e influências literárias, gêneros, estilos e temáticas de literaturas produzidas por autoras latino-americanas, tão protagonistas quanto o legado de suas obras; (3) dar amplitude à diversidade de línguas em circulação na América Latina, afrontando o caráter colonizador que as publicações de traduções poderiam adquirir.

*No caso de traduções de obras protegidas por direitos autorais, caberá à tradutora e ao tradutor interessado obter por escrito uma autorização de publicação junto ao detentor legal de direitos autorais sobre a obra em questão e apresentá-la à editora com o nome e o e-mail de contato da pessoa responsável.

Solicitamos que os autores entusiasmados em colaborar neste número enviem as colaborações (máximo 5 mil palavras, incluindo o original) até o dia 01 de setembro para os seguintes endereços: barbara.zocal@gmail.com e cadernosdeliteraturaemtraducao@gmail.com.

Em momento oportuno os interessados receberão informações detalhadas sobre como enviar o material diretamente através do sistema de editoração de revistas da USP. Para manter-se a par do processo editorial, esclarecer dúvidas e encaminhar solicitações relativas ao formulário de autorização de publicação de obras protegidas por direitos autorais, os interessados devem escrever diretamente para a editora através dos e-mails mencionados acima.

A Revista Cadernos de Literatura em Tradução é uma coedição do Departamento de Letras Modernas e do CITRAT – Centro Interdepartamental de Tradução -, ambos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. O objetivo principal dos Cadernos é publicar literatura em tradução de e para o português, especialmente ficção curta e poesia, acompanhada de comentários. Também publica artigos sobre a tradução literária, entrevistas e resenhas de traduções publicadas.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas