Quarta-feira, 18 de Julho de 2018
Publicações

Chamada de artigos Cadernos de Campo - Dossiê: Cultura Política e Crise Democrática

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Antropologia, Chamada para artigos, Ciências Sociais, Sociologia

Chamada de artigos Cadernos de Campo - Dossiê: Cultura Política e Crise Democrática

Data limite para envio de artigos: 08 de julho de 2018

Envio de artigos pela plataforma https://periodicos.fclar.unesp.br/cadernos/index

Organizadores:

Bianca de Freitas Linhares (UFPEL): http://lattes.cnpq.br/7261471162878192
Fábio Hoffmann (UFPEL): http://lattes.cnpq.br/5516858926327746

Ementa:

As percepções e atitudes das pessoas comuns em relação ao regime democrático tem se transformado consideravelmente nos últimos anos, e isso tem acontecido tanto em democracias longevas e modelares – como as democracias norte-americana, francesa e inglesa –, quanto democracias que iniciaram seu processo de consolidação. Pesquisadores indicam diferentes teses no apontamento de evidências para uma mudança no comportamento do cidadão em relação ao sistema político em geral, bem como mudanças de desempenho das instituições representativas, mudanças nos critérios e padrões de avaliação e um excesso de informação, que impactam diretamente nas expectativas em relação a um desempenho ideal das instituições democráticas.

A crise nas democracias liberais é, sobretudo, uma crise de percepção, atitudes e valores dos cidadãos para com o regime político. Não obstante, é preciso ressaltar que nem todos os países que fizeram a transição para a democracia conseguiram consolidar seus regimes. Em muitos casos, a democracia apenas sobrevive sob uma fachada eleitoral, que esconde uma silenciosa contenção da competição política, graves violações nas liberdades civis e políticas, constrangimentos constantes para a liberdade de imprensa, fragilidade do Estado de direito, dentre tantos outros problemas.

É possível encontrar padrões sistemáticos de queda da confiança nas lideranças e nas instituições políticas das chamadas democracia trilaterais compostas pelos regimes da América no Norte, Europa ocidental e Japão. No Brasil e América Latina, a queda dos governos de esquerda renovou o quadro de uma tradição autoritária que agora encontra uma ventilação favorável com a ascensão de uma direita tão avessa à proteção das diversidades e minorias quanto o fora no passado.

É nesse contexto que o dossiê Cultura Política e Crise Democrática abre chamada de artigos que versem sobre o quadro atual de crise das democracias pelo mundo, processos de desintegração de instituições e institucionalidades tradicionais dos modelos de democracia liberal, os mecanismos de construção da participação cidadã e das expectativas da população em relação ao regime democrático do qual tomam parte, seja em apoio ou rechaço, o que guarda relações processuais com os diferentes atores, agendas e modelos que disputam poderes na arena pública da política.

A Revista Cadernos de Campo (E-ISSN: 2359-2419 e ISSN: 1415-0689) é editada pelos discentes do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (Fclar) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP).

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas