Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Um projeto de

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Publicações

Africa Transnacional: Culturas Visuais, Materiais e Sónicas da África Lusófona

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Estados Unidos

Literatura, Chamada para artigos, Cultura, Estudos Africanos, Ciências Humanas e Sociais, Estudos Culturais, Estudos Luso-Afro-Brasileiros

A revista Portuguese Literary & Cultural Studies (PLCS) seleciona artigos para sua edição número 30 que tem como tema África Transnacional: Culturas Visuais, Materiais e Sónicas da África Lusófona, do período pré-colonial ao momento contemporâneo. O prazo máximo para envio é o 31 de maio de 2017. Os artigos podem ser escritos em inglês ou português.

A revista Estudos Literários e Culturais Portugueses é uma publicação bianual publicada pelo Centro de Estudos e Cultura Portugueses da Universidade Massachusetts Dartmouth. A revista aborda as literaturas e as culturas das diversas e vastas comunidades do mundo de língua portuguesa, composta por aproximadamente 200 milhões de pessoas em sete países em três continentes e as muitas outras comunidades lusófonas nos Estados Unidos e em todo o mundo. A revista incentiva uma ampla diversidade de abordagens teóricas e críticas, não se limitando a qualquer escola de pensamento ou orientação política. Estudos culturais, como sugerido no título, pretende ser entendido em seu sentido mais amplo como o estudo de uma variedade de expressões culturais de uma ampla gama de perspetivas.

Eixo temático

Com questões já dedicadas às literaturas, culturas e outras tradições expressivas de Angola, Moçambique e Cabo Verde, esta próxima edição nos permite rever a produção cultural em geral e a cultura visual, material e sonora, em especial nestes três países e em São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau, bem como áreas locais, regiões transfronteiriças, sistemas políticos e períodos históricos que não pertencem a categorias e espaços onde o português goza de estatuto oficial. Embora a língua portuguesa, bem como a literatura e o discurso político em português, continuem a moldar as discussões sobre a identidade cultural na África Lusófona, a cultura visual, material e sonora questiona a primazia da linguagem e da literatura e fornece modelos alternativos para as identidades nacionais ea divisão de identidades nacionais.

Espaço dentro das estruturas linguísticas preconizadas por instituições como a CPLP ou Lusofonia. Além disso, a circulação transnacional da arte e dos artistas, da música e dos músicos, do cinema e do vídeo, etc., incentiva uma abordagem mais flexível e matizada da identidade (transnacional). O estudo da produção cultural visual, material e sonora complica os entendimentos atuais da África Lusófona que se baseiam nas fronteiras nacionais coloniais e pós-independência.

Outros paradigmas de identidade mais fluidos emergem do estudo da cultura visual, material e sonora e das formas de expressão? Como essa expressão criativa permite uma visão divergente da África, na qual ideias, imagens e outras formas de produção material e sonora podem atravessar fronteiras, remodelar espaços culturais e contestar as interpretações subsequentes da arte, cultura e música africanas que permanecem para esses Paradigmas linguísticos e culturais oficiais? Tais perguntas são encorajadas, mas nós damos boas-vindas a uma variedade de outros interesses e aproximações.

 Os temas a serem tratados neste número podem incluir:

  • Cultura e linguagem (s) visuais, materiais e sonora
  • Cultura visual, material e sonora e identidades nacionais
  • Cultura visual, material e sonora e política, guerra e independência
  • Cultura visual, material e sonora e cidadania
  • Cultura visual, material e sonora e relações coloniais / pós-coloniais
  • Cultura visual, material e sonora e conceitos de Lusófono / África
  • Cultura e tecnologia visual, material e sonora
  • Cultura visual, material e sonora e "raça", diáspora, "Atlântico Sul"
  • Cultura visual, material e sonora e géneros e sexualidades
  • Estruturas transnacionais / globais (produção, exibição, disseminação, consumo)
  • Intercâmbio intercultural e circulação
  • Novos meios de comunicação, música, vídeo, dança, performance, fotografia, cinema, etc.
  • Discurso e publicação (promoção, crítica, erudição)

Mais informações na página da revista Portuguese Literary & Cultural Studies (PLCS).

 

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas

Locations of visitors to this page