Domingo, 23 de Setembro de 2018
Notícias

Lendias d’Encantar assinala 15 anos de colaboração com Cuba com digressão internacional

Início: Fim: Países: Cuba, Portugal

Teatro

Lendias d’Encantar assinala 15 anos de colaboração com Cuba com digressão internacional, apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian

Quinze anos de colaboração estreita com a companhia de teatro cubana “Teatro D’dos”, motivam o regresso da Lendias d’Encantar àquele país com a peça Vueltas, com texto e encenação de Julio Cesar Ramirez. Ao longo dos anos as duas companhias trabalharam em vários projectos, cá e lá, num trabalho que se revela hoje como fundamental para a estratégia de internacionalização da companhia de teatro de Beja.

Com Vueltas, a Lendias d’Encantar traz aos dias de hoje uma questão muito sensível para os cubanos e, hoje, cada vez mais pertinente para os cidadãos de todo o mundo. É um espetáculo que nos fala do desenraizamento, dos traumas do afastamento, a vivência no limbo de quem não pertence a lugar algum. Ernesto Garay foi uma das vítimas da “Operação Peter Pan”, que no início dos anos 60 levou mais de 14 000 meninos de Cuba para os Estados Unidos da América. Vueltas reflecte a vida de milhões de pessoas que de forma forçada ou voluntária, consciente ou inconsciente, perderam as suas referências familiares, a pertença a um país ou lugar. São pessoas que vivem num limbo, sem sentimento de pertença, nem ao país de chegada, nem ao país de origem, vivem amputados de uma vida familiar, roubados da memória da infância.

Ernesto, interpretado pelo actor António Revez, é um menino cubano que vive em Nova Iorque, mas podia ser um menino Sírio que atravessou a fronteira de Itália, um menino Nigeriano resgatado entre os milhares de náufragos nas margens do mediterrâneo, ou um menino líbio que chora num qualquer posto fronteiriço da Alemanha.

Com o Apoio à Internacionalização da Fundação Calouste Gulbenkian, Vueltas apresenta-se dias 06, 07 e 08 em Havana (Cuba), no Teatro Raquel Revuelta e em Santo Domingo (República Dominicana), na Casa de Teatro, nos dias 12, 13 e 14, com o apoio à internacionalização da Fundação Calouste Gulbenkian.

Informação relacionada

Enviar Informação

Mapa de visitas