Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Formação

Encontro de História Oral – Práticas e Experiências, Locais sobre a Memória

Início: Fim: Países: Portugal

Formação, História, História oral

Encontro de História Oral
Práticas e Experiências Locais sobre a Memória
Almada Museu da Cidade
11 e 12 de Outubro 2017

Uma iniciativa conjunta do Instituto de História Contemporânea da Universidade NOVA de Lisboa e da Câmara Municipal de Almada que tem como objectivo reflectir sobre práticas e experiências, conduzidas por instituições e investigadores, recorrendo à metodologia e processos da História Oral.

Com base no trabalho desenvolvido por várias instituições e entidades nacionais, o Encontro centrar-se-á em projectos e experiências de divulgação cultural assentes na memória e oralidade, debatendo as preocupações, dificuldades, oportunidades e mais valias de trabalhar a memória localmente, numa relação estreita com as comunidades locais, e quais os desafios metodológicos e potencialidades futuras dos modelos utilizados.

A aproximação das ciências sociais e humanidades ao uso da memória, enquanto campo complementar de análise, na historiografia moderna consolida-se com Gérard Namer entre outros autores, na afirmação da capacidade de recordar como intrinsecamente social, instrumento de manutenção e reprodução da identidade através da transmissão no tempo longo. Na perspectiva de Halbwachs, as experiências individuais que compõem a memória e fragilizam a sua cientificização podem constituir-se como matéria traduzível em memória colectiva passível de transmissão às gerações futuras.

Acção de formação: Recolha Oral: entre a Teoria e a Prática (13 de Outubro)

No âmbito deste Encontro, no dia 13 de Outubro será realizada uma acção de formação sobre a recolha oral e o seu trabalho com jovens, dirigida a profissionais da área da educação, professores, pedagogos, educadores, e ao público em geral. Esta acção de formação pretende sublinhar o papel dos museus municipais como recursos educativos para o conhecimento da história, não só através da exploração pedagógica das exposições patentes, mas também ao nível da formação na área do trabalho com a memória na construção de uma identidade concelhia, incentivando e apoiando projectos nestas áreas propostos pelas escolas e universidades, instituições de acção social - centros comunitários, associações, outros museus e centros de documentação.
 

Programa da formação

Inscrições (gratuitas)

Programa detalhado do encontro

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas