Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Financiamento/bolsas/emprego

Vaga para docente em Literatura Portuguesa na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Estudos Portugueses, Letras, Literatura, Vagas

 A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul abriu concurso com 56 vagas para o cargo de Professor do Magistério Superior. O período de inscrições vai de 01/02/18 a 01/03/18.

A cidade de Corumbá, na fronteira do estado de MS com a Bolívia, é sede do Campus do Pantanal (CPAN), que conta com duas vagas no certame: Outras Literaturas Vernáculas (Literatura Portuguesa) e Línguas Estrangeiras Modernas (Língua Inglesa).

As inscrições custam R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais) e podem ser realizadas pelo website: http://concursos.ufms.br/. Confira o Edital PROGEP 084/2017 em anexo.

Para a inscrição, o candidato não precisa ter concluído a pós-graduação exigida, mas precisará comprovar estar regularmente matriculado em curso na área exigida. Para a posse, no entanto, o candidato deverá apresentar o diploma, em cumprimento a uma exigência do TCU.

As provas serão realizadas na cidade de Campo Grande/MS, conforme o calendário divulgado no Edital.
 

Informações sobre a vaga "Outras Literaturas Vernáculas"

UNIDADE: CPAN - Câmpus do Pantanal (Corumbá)
ÁREA: Linguística e Literatura – Outras Literaturas Vernáculas
Nº VAGAS: 1
REGIME DE TRABALHO: Dedicação Exclusiva
CLASSE: Adjunto A 

Formação/Titulação exigida:

  1. Graduação em: Letras; e
  2. Doutorado em Área de Avaliação: Linguística e Literatura.

Pontos para a Prova Escrita e Didática (conforme o Edital):

1. A lírica trovadoresca e/ou suas leituras modernas e contemporâneas.
2. O teatro português de Gil Vicente.
3. A lírica camoniana e/ou suas reverberações modernas e contemporâneas.
4. O romance histórico de Alexandre Herculano diante das concepções do romantismo.
5. Cesário Verde e o esgotamento da poética do romantismo no século XIX.
6. Eça de Queiroz e o realismo literário português.
7. A heteronímia em Fernando Pessoa.
8. Portugal como metáfora na obra de José Saramago.
9. Tendências da poesia portuguesa do século XXI.
10. Fundamentos e práticas no ensino de literatura. 

Bibliografia básica

1. ABDALA JÚNIOR, B. História social da Literatura Portuguesa. 3. ed. São Paulo: Ática, 1990.
2. CASTRO, A.P. de. Retórica e teorização literária em Portugal. Do Humanismo ao Neoclassicismo. Coimbra: Centro de Estudos Românicos, 1973.
3. CIDADE, H. Luis de camões: o lírico. 2 ed., Lisboa: Bertrand, 1957.
4. COELHO, E.. “Teorias da Presença.” A letra literal: ensaios sobre a literatura e seu ensino. Lisboa: Moraes Editora, 1979.
5. COELHO, J. do P. (Dir.). Dicionário de Literatura Portuguesa. V.5, 3. ed. Porto, Portugal: Figueirinhas, 1978.
6. COSTIGAN, L.H. (org.). Diálogos da Conversão: missionários, índios, negros, judeus no contexto ibero-americano do período barroco. Campinas: EdUnicamp, 2005.
7. JÚDICE, No. Viagem por um século de literatura portuguesa. Lisboa: Relógio d’Água Editores, 1997.
8. LAJOLO, M. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. São Paulo: Ática, 2010.
9. LÓPES, O. (Dir.). História da Literatura Portuguesa. Lisboa: Alfa, 12 v.
10. LOPES, O.; SARAIVA, A.J. História da Literatura Portuguesa. 17. ed. 5. reimpressão. Porto, Portugal: Porto Editora, 2017.
11. LOURENÇO, E. Mitologia da Saudade. Seguido de Portugal como destino. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.
12. MACHADO, Á.M.. Dicionário de Literatura Portuguesa. Lisboa: Presença, 1996.
13. MARINHO, M. de F. História da Literatura Portuguesa – As Correntes Contemporâneas. Vol. 7 (dir. de, em colaboração com Óscar Lopes). Lisboa: Alfa, 2002.
14. MARINHO, M. de F. History and Myth – The Presence of National Myths in Portuguese Literature. Munique: Martin Meidenbauer Verlagsbuchhandlung, 2008.
15. MARINHO, M. de F. Um Poço sem Fundo – Novas Reflexões sobre Literatura e História. Porto: Campo das Letras, 2005.
16. MOISÉS, C.F. O desconcerto do mundo: do Renascimento ao Surrealismo. São Paulo: Escrituras, 2001.
17. MOISÉS, M. A literatura portuguesa em perspectiva. V. IV. São Paulo: Atlas¸ 1994.
18. MOISÉS, M. A literatura portuguesa. São Paulo: Cultrix, 1999.
19. MOREIRA, M. As Armas e os Barões Assinalados: Poesia Laudatória e Política em Camões. In: Camoniana, 3ª série, v. 16, 2004, Bauru, p.129-164.
20. PERRONE-MOISÉS, L. Fernando Pessoa: aquém do eu, além do outro. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
21. REIS, C. (Org.). História Crítica da Literatura Portuguesa. v. 5, Lisboa: Verbo, 1998-2005.
22. SARAIVA, A.J.S. História da literatura portuguesa. Porto: Porto Editora, 1986.
23. SARAIVA, A.J. Luís de Camões: estudo e antologia. 3. ed. Lisboa, PT: Liv. Bertrand, 1980. 269 p.
24. SARAIVA, A. O Modernismo Brasileiro e o Modernismo Português. Campinas, SP: Unicamp, 2004.
25. TELES, G.M. Camões e a poesia brasileira. 2. ed. São Paulo, SP: Quíron, Brasília, DF: INL, 336 p. (Logos), 1976.
26. VERDE, C. Obra poética integral (1855-86) - Texto definitivo. Ricardo Daunt (Org.). Lisboa: Dinalivro.
27. ZILBERMAN, R. A leitura e o ensino de literatura. Curitiba: Ed. Intersaberes, 2012. 

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas