Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Financiamento/bolsas/emprego

Inscrições abertas para o Programa Mestrado / Doutorado Nota 10 da FAPERJ

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Bolsas, Bolsas de investigação

Estão abertas as inscrições para o  Programa Mestrado / Doutorado Nota 10 2017 da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). O programa tem como objetivo incentivar os programas de pós-graduação fluminenses de excelência – aqueles que foram avaliados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com conceitos 5, 6 e 7 – premiando investigadores com bolsas complementares. A inscrição para as bolsas do primeiro semestre devem ser feitas até 17 de março. Para as bolsas a serem implementadas no segundo semestre (a partir de agosto), o prazo é de 26 de junho a 20 de julho.

O Programa Mestrado/Doutorado Nota 10 oferece Taxas Especiais Complementares (TECs) a alunos de mestrado e doutorado que já sejam beneficiários de bolsas de estudo de agências nacionais e internacionais e que apresentem destacado desempenho acadêmico. A TEC Nota 10 para o mestrado é de R$ 600 e, para o doutorado, é de R$ 860. No caso de alunos que possuam bolsas de mestrado e doutorado FAPERJ ou que não sejam beneficiários de bolsas, a FAPERJ concederá a Bolsa Nota 10 tradicional, cujos valores são de R$ 2.200, para o mestrado, e R$ 3.160, para o doutorado.    

Podem se candidatar ao edital alunos de mestrado e doutorado, stricto senso, de acordo com o seguinte critério: programas de pós-graduação, nível mestrado, com conceito 5 na Capes, indicam até dois candidatos de mestrado; programas de pós-graduação, níveis mestrado e doutorado, com conceito 5 na Capes, podem indicar um aluno de mestrado e outro de doutorado; programas de pós-graduação, níveis mestrado e doutorado, com conceito 6 na Capes, podem indicar até dois alunos de mestrado e um de doutorado; enquanto programas de pós-graduação, níveis mestrado e doutorado, com conceito 7 na Capes, podem indicar até dois alunos de mestrado e dois de doutorado.

Como novidade, a versão 2017 do edital estipula que a cada TEC recebida o programa ganhará, adicionalmente, uma bolsa de pós-graduação FAPERJ de mesmo nível. Essa bolsa, cujos valores para mestrado e doutorado são de R$ 1.600,00 e R$ 2.300,00, respetivamente, terá duração idêntica à da TEC à qual está vinculada, isto é, 12 meses para o mestrado e  24 meses para o doutorado.

Segundo o edital, os indicados não poderão ter vínculo empregatício de qualquer natureza, nem qualquer outra fonte de renda – a única exceção é para o caso de professor substituto (20 horas semanais), na instituição em que estiver cursando a pós-graduação. Eles deverão ser submetidos a uma seleção criteriosa pelos programas de pós-graduação, que, por sua vez, enviarão à Fundação, anexado ao pedido feito pelo sistema sisFAPERJ, documento explicando os critérios utilizados.

Tal como outras agências de fomento, a FAPERJ só admite a concessão ou renovação de bolsas de mestrado para os últimos doze meses de curso para os alunos de mestrado (13º ao 24º mês) e para os últimos 24 meses de curso para os alunos de doutorado (25º ao 48º mês). Essa contagem é feita a partir da data oficial de ingresso do aluno, comprovada no programa de pós-graduação. Não será permitida a concessão nem a renovação de bolsas de mestrado a partir do 25º mês de ingresso do aluno no programa, nem a partir do 49º mês de ingresso para os alunos de doutorado.

A inscrição será realizada em duas fases. Além do cadastramento ou atualização do cadastro on-line, tanto do coordenador do programa quanto do orientador e do aluno indicados, também deverá ser anexada ao pedido on-line uma carta do coordenador ou do vice-coordenador do programa, com sua assinatura e carimbo, descrevendo o processo e os critérios de seleção, assim como o nome dos membros da banca examinadora, a demanda de alunos e o nome dos aprovados, com sua respectiva data de ingresso oficial no curso. Também deve ser anexada cópia do documento da Capes – que pode ser retirado da página eletrônica da instituição – comprovando o nível e o conceito final atribuídos ao curso e a relação de alunos indicados para o primeiro semestre e quantos, se houver, para a segunda entrada.

Mais informações no edital completo em anexo e na página da FAPERJ.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas