Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Financiamento/bolsas/emprego

Especialização em Povos Indígenas, Direitos Humanos e Cooperação Internacional

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Argentina, Bélgica, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, México, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai, Venezuela

Bolsas, Antropologia, Ciências Humanas e Sociais, Pós-Graduação, Estudos Latino-Americanos

O  Fondo para el Desarrollo de los Pueblos Indígenas de América Latina y El Caribe (FILAC) seleciona bolsistas para o curso de pós-graduação Título de Experto en Pueblos Indígenas, Derechos Humanos y Cooperación Internacional, na Universidade Carlos III, em Madrid. As inscrições podem ser feitas até 28 de fevereiro. Os candidatos devem escrever e falar espanhol.

O FILAC, com o apoio da Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo (AECID) disponibiliza oito bolsas de estudo (4 mulheres e 4 homens) pertencentes aos países membros da FILAC. São eles: Argentina, Belize, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, e 3 extra-regionais (Bélgica, Espanha e Portugal).

O título visa proporcionar uma grade curricular abrangente e valor prático para formação de graduados e líderes indígenas da região da América Latina e do Caribe, com o objetivo geral que possam assumir responsabilidades de liderança em suas comunidades e organizações com formação e experiência técnica para intervir com garantias de sucesso no processo de negociação sobre os direitos dos povos indígenas que se desenvolvem em diferentes níveis nacionais e internacionais, bem como a sua implementação.

E também uma capacidade de gerenciamento orientada para o desenvolvimento das instituições democráticas com um elevado conhecimento do funcionamento das estruturas do Estado e das organizações internacionais bem como as ferramentas necessárias para abordar projetos de auto-desenvolvimento de comunidades indígenas.

Para a atribuição destas bolsas serão considerados critérios regionais de equilíbrio. As bolsas cobrem todas as despesas: do bilhete (ida e volta para a Espanha a partir do país de origem), taxa de matrícula escolar, uma pequena contribuição como dotação financeira pessoal para despesas básicas, pensão completa, refeições e transporte local.

Mais informações na convocatória em anexo, na página da FILAC e através do e-mail convocatoriasuii@filac.org.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas