Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Financiamento/bolsas/emprego

Bolsa para licenciados em Antropologia e Arqueologia, ênfase em bioarqueologia

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Portugal

Bolsas, Antropologia, Arqueologia, Bolsas de investigação

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (REF: CRIA 2017_IF/00127_LIC), para licenciados em Antropologia e Arqueologia, com ênfase em bioarqueologia no Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA). O bolseiro dará apoio no desenvolvimento dos projectos Bone, no Centro em Rede de Investigação em Antropologia Matters / Matérias Ósseas (FCT IF/00127/2014/CP1233/CT0003), e projeto FCT Investigador (IF/00127/2014) Coleções Portuguesas de Esqueletos Humanos Identificados: Enquadramento ético e legal, abrangendo atividades tais como o tratamento e curadoria de material osteológico humano, pesquisa bibliográfica em arquivos, bibliotecas e online. As inscrições podem ser feitas até 4 de maio.

Requisitos de admissão: Licenciados em antropologia e arqueologia; experiência comprovada na escavação de espólio ósseo humano em contexto arqueológico e laboratorial e no tratamento de vestígios osteológicos humanos (designadamente: escavação, limpeza, marcação, inventariação, e análise morfológica e métrica com objetivo de traçar o perfil biológico e identificação de alterações ósseas de natureza tafonómica e/ou outra). Proficiência na leitura e na escrita em língua Inglesa; conhecimento do Microsoft Office (ou equivalente), Mendeley, SPSS (ou equivalente); arquivos digitais, e experiencia no acompanhamento de formação de alunos em contextos de campo (escavação), laboratório, aulas, workshops e cursos.

Será dada preferência a candidatos com experiência comprovada no estudo/tratamento de espólio recuperado em contextos de intervenção arqueológica na área metropolitana de Lisboa, que englobe vestígios pertencentes aos períodos romano, medieval e moderno; e experiência de participação em escavações arqueológicas, com componente de bioarqueologia em outros contextos Europeus.

Duração da bolsa: 3 meses

Data prevista de início da bolsa: junho 2017

Local de Trabalho: Laboratório de Antropologia Biológica e Osteologia Humana (LABOH) – CRIA/ FCSH-NOVA, Edifício I&D, Av de Berna, Lisboa.

Orientação Científica:  Doutora Francisca Alves Cardoso

Condições Financeiras da Bolsa: A bolsa ascende a 745 euros.

Mais informações através do e-mail manuela.raminhos@cria.org.pt e na página do CRIA.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas