Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Financiamento/bolsas/emprego

Bolsa de estudos “Uma Faixa, Uma Rota” da Fundação Macau

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Macau

Bolsas, Universidades, Mestrado, Ciências Humanas e Sociais

Aceitam-se candidaturas para a Bolsa de Estudo “Uma Faixa, Uma Rota” da Fundação Macau para o ano letivo 2017/2018. A bolsa será atribuída a 10 candidatos residentes permanentes da RAEM que desejem cursar licenciaturas ou mestrados numa das instituições do ensino superior do Brasil, Malásia, Indonésia e Filipinas. As inscrições podem ser feitas até 12 de junho.

A criação da Bolsa de Estudo “Uma Faixa, Uma Rota” visa promover a internacionalização do ensino superior e o desenvolvimento diversificado de Macau e reforçar e estreitar as relações de amizade entre Macau e os países e regiões abrangidas pela iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, nomeadamente os Países de Língua Portuguesa e do Sudeste Asiático.

A iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, que abrange mais de 60 países e regiões da Ásia, passando pela Europa Oriental e Médio Oriente até África, é uma estratégia nacional que visa o rejuvenescimento da nação chinesa e um desenvolvimento pacífico internacional. Tendo beneficiado das vantagens únicas que o princípio “Uma País, Dois Sistemas” oferece, Macau desempenha neste contexto um papel importante na concretização da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, pois tem ligações muito estreitas e alargadas com os Países de Língua Portuguesa e do Sudeste Asiático.

Neste âmbito, o Programa de Atribuição da Bolsa de Estudo “Uma Faixa, Uma Rota” tem duração de 5 anos e prevê disponibilizar um total de 150 vagas. Esta Bolsa de Estudo divide-se em dois tipos: “Bolsa de Estudo no Exterior” e “Bolsa de Estudo em Macau” e, neste momento, aceitam-se candidaturas para a primeira.

Para o ano letivo de 2017/2018, a “Bolsa de Estudo no Exterior” será atribuída a 10 candidatos residentes permanentes da RAEM que estejam no último ano do ensino secundário e que pretendem frequentar um curso de licenciatura, em regime de frequência obrigatória e a tempo inteiro, numa das instituições do ensino superior do Brasil, Malásia, Indonésia e Filipinas, e também a 10 candidatos cidadãos de Guangdong e Fujian que sejam finalistas do curso de licenciatura ministrado por uma das instituições do ensino superior de Macau e que pretendam frequentar um curso de mestrado, em regime de frequência obrigatória e a tempo inteiro, numa das instituições do ensino superior de Portugal, Brasil, Malásia, Indonésia e Filipinas. O montante da bolsa a atribuir varia entre MOP60,000 e MOP80,000, dependente do local de estudo.

Mais informações no website da Fundação Macau e na chamada para a bolsa de estudos em anexo.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas