Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

Um projeto de

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Congressos

XV Congresso Internacional da ABRALIC: Textualidades Contemporâneas

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Literatura, Chamada para trabalhos, Estudos Comparatistas, Letras

A Associação Brasileira de Literatura Comparada (ABRALIC) divulga a abertura do período para a proposição de simpósios à XV edição do seu Congresso Internacional, que terá lugar na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) entre os dias 7 a 11 de agosto de 2017, com o tema Textualidades Contemporâneas. O link para a ficha de submissão das propostas de simpósio estará disponível a partir do dia 23 de janeiro de 2017, na página da ABRALIC.
 
O evento irá acolher na sua programação até cinquenta simpósios. Todos os participantes deverão ser associados à ABRALIC. Cada simpósio deverá ter no mínimo dois e no máximo três coordenadores, que deverão possuir o título de doutor e ser pelo menos de duas IES diferentes, localizadas ao menos em duas unidades da Federação e/ou no Exterior.

Eixo Temático

"Textualidades Contemporâneas": já passou da hora de reconhecer que não mais dispomos de um suporte único, definidor de uma hierárquica concepção de "texto", cujo sentido deve ser "adequadamente" decodificado. Em resposta a esse entendimento normativo de uma prática hermenêutica domesticada, a ABRALIC propõe a noção de "textualidades contemporâneas". Tal noção pretende caracterizar a pluralidade de suportes possíveis, a miríade de formas de inscrição e a multiplicidade tanto de produções de presença quanto de atribuições de sentido.

Trata-se de dar conta da afirmação de um panorama cultural definido pela emergência de formas outras de expressão que, muito rapidamente, deslocaram a "literatura" do lugar central que ela desfrutou de meados do século XVIII às décadas iniciais do século XX. Isto é, desde o momento histórico em que o texto impresso – finalmente acessível, devido ao desenvolvimento de novas técnicas de reprodução que, além de permitirem a criação de diferentes formas de difusão de material escrito, baratearam o custo do livro – tornou-se objeto do cotidiano até o instante em que novas formas de tecnologia e novos meios de comunicação assumiram o protagonismo na circulação e na transmissão de bens simbólicos. A análise da experiência literária, portanto, não pode prescindir de uma cuidadosa reconstrução da materialidade dos meios de comunicação.

Eis o desafio atual: como lidar com as múltiplas formas do literário no mundo contemporâneo sem levar em consideração as diversas textualidades que compõem a complexa rede de discursos e de comunidades interpretativas que atravessam nosso dia a dia?

Mais informações na página da ABRALIC.

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas

Locations of visitors to this page