Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

Fundação Calouste Gulbenkian
Associação Internacional de Lusitanistas

Saber mais

Congressos

Simpósio Internacional de Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (SIAUS)

Início: Fim: Data de abertura: Data de encerramento: Países: Brasil

Chamada para trabalhos, Arte, Ciências Humanas e Sociais, Geografia, Urbanismo

O Simpósio Internacional de Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (SIAUS) acontece de 25 a 27 de outubro de 2017 em São João del Rey (MG), Brasil. Organizado pelo Programa Interdepartamental de Pós-Graduação Interdisciplinar em Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (PIPAUS) da UFSJ tem como foco a sustentabilidade, entendida como condição sine qua non para a vida no planeta. Os investigadores interessados em participar com trabalhos têm até 14 de agosto.

Frequentemente banalizado, quando não instrumentalizado, indubitavelmente é um debate de relevância para a humanidade, e que exige desvelamento e intervenções para sua realização. À Universidade, lugar privilegiado para a reflexão e para a produção do conhecimento, cabe portanto a responsabilidade de seu envolvimento. E com isto, no próprio caminhar também se renova. As disciplinas já não são suficientes, e mais do que a especialização, multiplica-se por meio de vários movimentos. Em um primeiro movimento, enovela-se sobre si mesmo, reconhecendo o caminho até agora percorrido, mas agora em um esforço inter e transdisciplinar. Interdisciplinar ao abarcar diferentes campos do saber já consolidados e, em um segundo consequente movimento, transdisciplinar ao fazer emergir conhecimentos advindos do cruzamento destes campos, assim viabilizando novas teorias e metodologias.

Por meio deste Simpósio, portanto, o PIPAUS abre-se como meio para tal debate, e assim contribuir para a formação de atores qualificados para contribuir para a ampliação da consciência intelectual e emocional sobre a mudança climática, as transformações territoriais e as ações insustentáveis. Com isto, em um terceiro movimento, a partir da colaboração transdisciplinar, procura contribuir tanto para rupturas de comportamentos normativos hegemônicos quanto para o desenvolvimento de outras possibilidades criativas e também artísticas, seja em termos de conhecimentos espaciais, de memórias e de tecnologias e que sejam capazes de fornecer subsídios para os tomadores de decisão em governos e empresas, urbanistas e cidadãos, a reconsiderarem os atuais comportamentos insustentáveis e destrutivos.

Eixos Temáticos:

  • Micro-utopias em arteciências
  • Arte Popular
  • Políticas Públicas
  • Espaço e Memória
  • Tudo depende do Design
  • Realidade Urbana e Sensibilidade

Mais informações na página do Simpósio Internacional de Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (SIAUS).

Informação relacionada

Outras webs de referência
Enviar Informação

Mapa de visitas